Queda no preço de frutas não baixa valor de caipirinhas e sucos

bahia
14.01.2019, 06:50:00
Atualizado: 14.01.2019, 10:49:34

Queda no preço de frutas não baixa valor de caipirinhas e sucos

No Verão, cresce procura por bebidas em bares e restaurantes

Apesar do aumento da oferta de frutas cítricas nas feiras e prateleiras dos supermercados de Salvador, os drinques que levam limão, seriguela e umbu, não registraram queda de preço na capital baiana.

Nas praias do Porto e Farol da Barra, por exemplo, as famosas caipiroscas de limão e de siriguela estão custando, em média, R$ 15. Já o suco de limão está sendo vendido por R$ 10. Mesmo preço praticado desde o início do verão.

“Nesta época as frutas podem até ficar mais baratas, mas nós continuamos pagando o mesmo valor pelo gelo, pela vodca e até pela água mineral usada para preparar as bebidas, algumas vezes até mais caro”, justifica Ademário dos Santos, vendedor no porto da Barra.

(Foto: Arquivo CORREIO)

Outros custos 
Ao invés de diminuir, os preços estão cerca de 20% mais caros do que na baixa estação. “Não tem com o vender por menos não. Além dos custos com os outros ingredientes, tem os gastos com a mão de obra e até com o copo usado para servir a bebida. Os copos descartáveis também ficam mais caros na alta estação. Sem contar que as pessoas que revendem as frutas para gente não baixam o preço, e sem lugar para armazenar, nós não conseguímos comprar grandes quantidades”, afirma Ilma Bonfim, que vende bebidas na praia há mais de 20 anos.

 Nos bares e restaurantes de Salvador a situação não é diferente. Apesar de reconhecer a importância dos drinques  regionais no aumento do faturamento, os representantes do setor admitem que dificilmente haverá mudança nos preços cobrados pelas bebidas.

“De fato, este aumento da oferta de frutas regionais não passa despercebido. Mas não acredito numa redução direta do preço, por que trabalhamos com uma composição de custos de insumos e matéria prima muito complicada no orçamento. A oferta destas frutas é muito sazonal, e o ciclo é muito curto, quando a gente pensa em levar para o cardápio, elas já se esgotaram”, afirma Luiz Henrique Amaral, presidente da Associação de Bares e Restaurantes da Bahia (Abrasel).

Promoção 
 Mas para quem não dispensa um drinque  refrescante, existe uma possibilidade de promoção. “De alguma forma esta situação é trabalhada em benefício do consumidor quando os bares oferecem, por exemplo, drinques  especiais e roscas dobradas de alguns sabores, em função a mais do preço”, acrescenta o presidente da Abrasel.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/aos-6-anos-chines-impressiona-por-incrivel-habilidade-cortar-cabelo/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/acusado-de-injuria-isidorio-falta-a-audiencia-de-conciliacao-com-daniela-mercury/
Cantora ingressou com queixa-crime contra o deputado por injúria após ser chamada por ele de 'escrava de satanás'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/alok-sofre-acidente-no-mar-durante-lua-de-mel-e-engessa-o-pe/
Ele estava praticando wakeboard nas Ilhas Maldivas com a mulher
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fabio-assuncao-faz-acordo-com-a-la-furia-dinheiro-vai-pra-dependentes-quimicos/
‘Jamais passou pela cabeça censurar’, disse ator em pronunciamento; assista
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/oscar-2019-anuncia-indicados-veja-lista-completa/
Pantera Negra, Nasce Uma Estrela, Roma e Bohemian Rhapsody são cotados a Melhor filme
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/video-mostra-desespero-de-baleado-pela-pm-em-portao-cade-minha-filha-eu-amo-ela/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-ultimo-suspiro-foi-no-meu-colo-diz-mae-de-menina-morta-por-padrasto/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moradores-negam-tiroteio-com-pm-em-portao-desceram-atirando/
Polícia Militar apura ação em jogo de futebol; testemunha relata pânico
Ler Mais