Ramon pede paciência contra o Bragantino: 'vamos entrar perdendo'

e.c. vitória
13.03.2018, 17:06:00
Atualizado: 13.03.2018, 17:06:05
(Maurícia da Matta/EC Vitória)

Ramon pede paciência contra o Bragantino: 'vamos entrar perdendo'

Rubro-negro precisa vencer por dois gols de diferença para se classificar

O primeiro passo para corrigir um erro, é reconhecê-lo. Feito isso, é hora de meter a mão na massa – ou a bola no pé – e correr atrás do prejuízo. É isso que o Vitória precisa fazer se quiser passar para a próxima fase da Copa do Brasil. O Leão encara o Bragantino na quinta-feira (15) e precisa reverter a derrota sofrida no jogo de ida, por 1x0, em São Paulo. O jogo será às 19h15, no Barradão.

O primeiro confronto foi recheado de erros. Logo no primeiro tempo, o rubro-negro levou um gol de Matheus Peixoto, atacante que defendeu o Bahia no ano passado. Além disso, o time comandado por Vagner Mancini exagerou na força e teve dois jogadores expulsos: Uillian Correia e Yago, que levou o segundo amarelo aos 48 minutos do 2º tempo. Não bastasse, o time ainda perdeu Kanu, julgado na sexta-feira passada pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA), após se envolver em brigas no Ba-Vi do Campeonato Baiano. Ele foi suspenso por 90 dias.

Lamentar não adianta. Quem bem sabe disso é o zagueiro Ramon, que admite que o time vai precisar correr dobrado no jogo de volta, válido pela terceira fase do torneio nacional. “A gente sabe que vai entrar em campo já perdendo, com um placar de 1x0 para eles. Estamos conversando muito para ter concentração do início ao fim do jogo, para que esses erros não aconteçam mais”, admite ele.,

No fim de semana, o Vitória jogou pela Copa do Nordeste. Perdia para o ABC por 2x0, quando conseguiu a virada e permitiu o empate no fim. Para Ramon, esse jogo precisa servir de inspiração para o duelo contra o Bragantino. “A gente leva para esse jogo, o poder de reação que tivemos (contra o ABC). Sabemos a força de jogar no Barradão. A torcida empurra e isso é um fato muito bom para a gente. A gente vai tentar reverter esse resultado ainda no primeiro tempo; É ter paciência, porque só vamos chegar ao segundo gol se fizermos o primeiro”, completa o defensor.

Para garantir a classificação, o Vitória precisa vencer por dois gols de diferença – gol fora de casa não é critério de desempate. Caso vença apenas por um gol de diferença, haverá disputa nos pênaltis. Empate ou triunfo dos paulistas, classifica o Bragantino.

Quem avançar à quarta fase da Copa do Brasil, além de seguir vivo na briga pelo título, o Vitória receberá uma premiação de R$ 1,8 milhão. Até o momento, o Vitória recebeu R$ 3,23 milhões de bonificação.