Real leva susto, mas vence Al Jazira e encara o Grêmio na final

esportes
13.12.2017, 16:46:00
Atualizado: 13.12.2017, 17:06:26
Real sofreu para passar pelo Al Jazira, mas se garantiu na final contra o Grêmio (Foto: Giuseppe Cacae)

Real leva susto, mas vence Al Jazira e encara o Grêmio na final

Romarinho marcou para o Al Jazira, mas Cristiano Ronaldo e Bale garantiram o triunfo merengue

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Quem ligou a televisão no intervalo da partida, certamente tomou um susto. O placar dos primeiros 45 minutos, apontava Al Jazira 1x0 Real Madrid. Parecia que seria um daquels dias para ficar na história do futebol, mas no segundo tempo, os donos da casa não resistiram à pressão madrilenha e acabaram derrotados por 2x1. 

O primeiro a despontar como herói foi o goleiro Ali Khaseif. Com apenas 10 minutos de jogo, ele já havia feito quatro defesas difíceis, impedindo que a equipe de Zidane saísse na frente. Cabeçada e finalização de Cristiano Ronaldo, chute de Modric de fora da área, nada passava pelo paredão do Al Jazira. 

Enquanto o goleiro fazia milagres lá atrás, eis que surge o segundo candidato a herói. Aos 40 minutos, o brasileiro Romarinho, ex-Corinthians, recebeu passe pelo lado esquerdo, cortou para o meio e chutou rasteiro, sem chance para Keylor Navas.

Era previsível que ao voltar do intervalo, o Real Madrid aumentasse a pressão e a intensidade para buscar o empate e consequentemente a virada. Mas aos dois minutos, o Al Jazira chegou ao segundo gol com Boussoufa. Mas o árbitro Sandro Meira Ricci, com auxílio do vídeo, anulou. O jogador estava impedido. 

Logo em seguida, o goleiro Ali Khaseif sentiu uma lesão na coxa e foi substituído. Dois minutos depois, aos sete, Cristiano Ronaldo recebeu na direita e bateu cruzado para empatar, na primeira participação do goleiro reserva em campo. 

A pressão madrilenha ficou cada vez mais intensa e aos 38 minutos, não houve jeito para o Al Jazira. Bale, que havia acabado de entrar, recebeu dentro da área e chutou de primeira para virar a partida. Cristiano Ronaldo ainda tentou desviar de letra, mas a bola entrou direto no gol. 

No sábado (16), às 14h, Grêmio x Real Madrid decidem o título do Mundial de Clubes. Às 11h, Al Jazira e Pachuca jogam pelo terceiro lugar. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas