Ricardo Ishmael estreia na literatura infantil

entretenimento
06.08.2020, 05:55:00
Atualizado: 06.08.2020, 10:18:08
Ricardo Ishmael participa de live nesta sexta (7) (Divulgação)

Ricardo Ishmael estreia na literatura infantil

Jornalista lança nesta sexta (7) o livro A Princesa do Olhinho Preguiçoso

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O jornalista Ricardo Ishmael lança nesta sexta-feira (7) seu primeiro livro infantil, A Princesa do Olhinho Preguiçoso (Mojuba Editora, ),  com uma live, às 19h, em seu perfil no Instagram/ @ricardoishmael. Ele conversa com Heitor Neto, que assina as ilustrações da publicação. 

A trama fala do papel da sociedade no combate ao bullying, através da história de  Lalá, uma menina alegre e brincalhona. Aos seis anos, ela foi diagnosticada com ambliopia, quando um dos olhos “enxerga” menos que o outro. Para corrigir, Lalá também passou a usar um tampão. A partir daí vieram os apelidos na escola: “Menina pirata”, “Capitão Gancho” e “esquisita”.

 Heitor e Ricardo mergulharam no universo infantil para criar uma história divertida e  atraente. “Me coloquei no lugar da Lalá e tentei captar as suas alegrias, tristezas, sonhos e a sua sutileza. Espero ter conseguido colocar todas essas emoções nos desenhos”, diz Heitor. 

 O autor, que também é apresentador do Jornal da Manhã, da Rede Bahia, e já tem um livro de contos publicado, criou uma personagem que sonha ter uma varinha mágica. Assim, ela poderia virar uma princesa e morar num reino encantado. “Um lugar colorido, feito de doces e chocolates, com bichinhos falantes, e onde não teria que usar tampão nem haveria espaço para o bullying. Esse é o desejo de Lalá”, diz Ricardo. 

  A publicação foi  traduzida para o inglês e o espanhol. A versão em  inglês,  The Princess with a Little Lazy Eye, tem tradução de Renan Oliveira; e a em espanhol, intitulada La Princesa y su Ojito Vago, tem tradução de Pilar Martin e Tiago Garcia . As três versões  estão disponíveis  no site oficial da Mojubá Editora ( mojubaeditora.com.br), ao preço promocional de R$ 36,90. 


 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas