Robson Conceição após vencer Luis Coria: 'Foi uma luta duríssima'

esportes
01.11.2020, 16:14:00
Atualizado: 01.11.2020, 16:14:09
Robson venceu o americano Luis Coria (Foto: Top Rank Boxing/Reprodução)

Robson Conceição após vencer Luis Coria: 'Foi uma luta duríssima'

Baiano derrotou americano após dez rounds e deve disputar o título mundial

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Robson Conceição venceu o norte-americano Luis Coria, neste sábado (31), em Las Vegas, após dez rounds eletrizantes. Os três jurados apontaram a vitória do brasileiro por 94 a 93 e 95 a 92 (duas vezes), mesmo com o campeão olímpico tendo sofrido uma queda no segundo assalto e ter sido punido com a perda de dois pontos no quarto e sexto assaltos.

A atuação de Robson foi tão destacada que o empresário Sergio Batarelli, que cuida dos interesses do lutador, conversou após a luta com Bob Arum, dono da Top Rank, que patrocina Robson, e praticamente definiu uma oportunidade do brasileiro para disputar o título. "É preciso assinar o contrato. Aí vou divulgar adversário e quando será a luta pelo cinturão", afirmou Batarelli.

Robson começou bem a luta, bastante forte e aceitando a troca de golpes com Coria. No segundo assalto, um gancho de esquerda levou o brasileiro para a lona. Ele voltou com um corte profundo na boca. "Foi uma luta duríssima. Era o teste que estava faltando para mim", disse Robson. "Eu me recuperar da queda prova que o meu treinamento foi forte e bem feito".

No quarto e sexto assaltos, o juiz puniu Robson com um ponto a menos por causa de golpes baixos. Atitude que Robson não considerou correta. Nos demais assaltos a disputa foi intensa, com fortes golpes dos dois lados e o brasileiro teve em pelo menos três vezes com chances de derrubar o adversário.

Robson, de 32 anos, soma agora 15 vitórias, com sete nocautes, enquanto Coria, de 22 anos, perdeu pela quarta vez, além de 12 vitórias, com sete nocautes.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas