Robson Conceição passa por cirurgia e só volta a lutar em março

esportes
26.12.2019, 14:55:00
Atualizado: 26.12.2019, 14:58:06
Última luta de Robson Conceição foi em julho (Foto: Evandro Veiga/Arquivo CORREIO)

Robson Conceição passa por cirurgia e só volta a lutar em março

Pugilista foi submetido a procedimento nas mãos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Robson Conceição só deve voltar aos ringues em março. O campeão olímpico nos Jogos do Rio-2016 foi submetido a cirurgia nas mãos por causa de lesões antigas, que causavam dores e atrapalhavam o desempenho do pugilista de 31 anos.

Robson, que tem contrato com a empresa Top Rank, do lendário Bob Arum, apresenta um cartel de 13 vitórias, com seis nocautes. Sua última luta foi em junho, em Reno, nos Estados Unidos, onde venceu o mexicano Carlos Ruiz, por pontos, em decisão unânime.

"O Robson está se recuperando superbem. Ele tinha várias lesões antigas, que estavam agravando. Se Deus quiser, ele volta em março", disse o técnico Luiz Dorea, nesta quinta-feira (26).

O pugilista brasileiro chegou a integrar o ranking do Conselho Mundial de Boxe entre os 35 primeiros colocados, mas atualmente, pela falta de sequência de lutas, não está ranqueado nas principais organizações do boxe internacional.

Robson luta na categoria dos penas, cujo limite de peso é 57,153 quilos. Os atuais campeões são Gary Russell Jr. (Conselho Mundial de Boxe), Josh Warrington (Federação Internacional de Boxe), Shakur Stevenson (Organização Mundial de Boxe) e Leo Santa Cruz (Associação Mundial de Boxe).
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas