Saiba tudo que aconteceu na última festa da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres

salvador
13.08.2019, 20:28:00
Atualizado: 13.08.2019, 20:48:36
(Foto: Mauro Akin Nassor)

Saiba tudo que aconteceu na última festa da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres

Freira baiana vai ser canonizada no dia 13 de outubro, no Vaticano. A partir daí, passa a ser celebrada como santa

Doce Luz, a música oficial da cerimônia de canonização da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, caracteriza a irmã baiana como um ser de amor. É justamente assim que os seus devotos enxergam a freira que vai ser canonizada no dia 13 de outubro, no Vaticano. Mesmo depois da sua morte, todo 13 de agosto é a mesma coisa. A memória e a fé em Irmã Dulce trazem milhares de pessoas ao Santuário da Bem-aventurada Dulce dos Pobres para participar da festa dedicada a ela. Nesta terça-feira não foi diferente. Só as duas primeiras missas das três que foram celebradas ao longo do dia reuniaram 4 mil fiéis. 

Quem pôde conhecer a freira não esquece a sensação que foi estar perto dela. Natural de Jequié, a aposentada Nadier Nunes, 90 anos, fez questão de ir até a casa de Dulce, há 30 anos, para abraçá-la. Desde então, nasceu uma devoção. “Parece que eu estou descendo do céu com a missa de hoje. Moro em Jequié, mas minha tia morava perto das Obras Sociais Irmã Dulce e eu fui conhecê-la. Era um sonho que eu tinha. Tenho 90 anos e é a primeira santa que eu conheci. Me deixa orgulhosa ter uma santa da nossa terra”, contou, emocionada, dentro da Capela das Relíquias, onde está o corpo de Irmã Dulce.

Corpo de Irmã Dulce está 'intacto' e será exposto em santuário

Há nove anos, todo dia 13 de agosto, Dulce é celebrada. A data marca o ingresso de Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes, como ele foi batizada, ingressou na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus. Ali, ela se tornou Irmã Dulce. Essa é a última vez em que o festejo vai homenagear a Bem-Aventurada. A partir do ano que vem, a festa vai ser da Santa Dulce dos Pobres.

A canonização é a certificação de que o Santo fez o bem e é um exemplo a ser seguido. O  Arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, foi responsável pela primeira missa desta terça e ressaltou a busca da freira em fazer o bem. “Os santos mostraram que na sua pobreza e limitação procuraram fazer a sua parte. Agora temos um exemplo muito forte na frente de nós, que mostra que vale a pena fazer o bem. Que a Bem-Aventurada sirva de estímulo para nós falarmos assim ‘agora eu vou fazer a minha parte porque ela já fez a dela’”, apontou.

Leia mais sobre a história de Irmã Dulce

Exemplo de bondade
É o exemplo da Bem-Aventurada que comove a todos - devotos ou não. Ao citar a irmã, os entrevistados na festa desta terça, ressaltaram o poder das ações sociais da freira, que a partir de um galinheiro criou uma rede de apoio às pessoas carentes que inclui hospitais e o Centro Educacional Santo Antônio. Presente na primeira missa da manhã de hoje em homenagem à Bem-Aventurada, o vice-prefeito, Bruno Reis, reconhece o Anjo Bom da Bahia como um expoente de bondade e altruísmo. 

“Com muita fé e emoção participo desta belíssima celebração ao legado da beata da nossa terra, reunindo devotos, romeiros e admiradores, no dia litúrgico da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres. Que o exemplo de caridade e doação de Irmã Dulce se multiplique entre o nosso povo”, desejou.

Para diversos devotos, a fé na irmã é um apoio para superar as mazelas da vida. Os seguidores da Bem-Aventurada acreditam que as orações e os pedidos são atendidos. Curada de um câncer na tireóide, a esteticista Ana Rizia Lima, 45, crê que a alta médica foi interceptada pelo espírito da freira baiana.

“Toda vez que eu vinha nas Obras sociais Irmã Dulce (Osid) e tinha dificuldade para marcar minha consulta, eu agradecia por não conseguir o atendimento. Eu pensava que tinha gente que precisava mais do que eu. Voltava conformada, sabia que um dia eu iria conseguir. Tive alta em 2017 e até hoje venho ao santuário toda vez que estou no hospital para acompanhar meu caso. Venho para agradecer e para fazer mais pedidos”, relatou a esteticista.

Os doentes que são atendidos nos hospitais das Obras Sociais Irmã Dulce reconhecem que todo o trabalho realizado pelos profissionais reverbera os ideais de amor e acolhimento da santa baiana. O aposentado Antônio Santana, 68, buscou a instituição de saúde para fazer radioterapia. Foi no local que ele encontrou toda a esperança que a Bem-Aventurada passa.

"Irmã Dulce fazia tudo por amor e esse amor é reconhecido. Toda vez q eu sou atendido, encontro aqui o amor, por isso que tenho certeza que todos que são atendidos no hospital já saem curados”, contou o devoto da Bem-Aventurada.

Expansão da fé
As ações sociais da Bem-Aventurada já são amplamente conhecidas, mas, com a canonização da freira baiana, as obras e os milagres de Irmã Dulce vão ser difundidos no mundo. O impacto da santificação já é sentido. Na comparação entre julho de 2018 e julho deste ano, a visitação no Memorial e Santuário de Irmã Dulce cresceu 150%, somando mais de 8 mil visitantes no mês passado.

O frei Giovanni Messias, reitor do Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, explica que a missa para Irmã Dulce pode ser celebrada em todo o mundo com a glorificação. Antes, o ato litúrgico se restringia aos locais que possuíam a Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus.

A canonização orgulha os fiéis locais, que agora vão ver a expansão da fé em Irmã Dulce. Logo após a missa da última festa da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, a beata Gildete Alves, 73, contou emocionada que espera ansiosa pela santificação.

“Irmã Dulce é tudo na minha vida. Estou feliz por ela ser canonizada e ser uma santa da Bahia. Nós temos que agradecer a Deus por todo trabalho e toda glória que ela deu para a gente. Sempre fui devota dela, sempre venho para a missa. A canonização dela vai ser uma benção. Vamos tem uma santa da nossa Bahia, do nosso coração”, comemorou.

Incremento no turismo
A canonização não só aumenta a fé, mas também divulga a trajetória social da freira baiana. É nesse cenário que o turismo de Salvador também se beneficia. Sem citar números, o secretário municipal de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco, afirma que é inegável o papel da Bem-Aventurada no incremento de visitantes na capital.

“Temos uma expectativa do crescimento do turismo religioso, que vem para ter uma experiência vinculada à religião. Salvador terá um benefício muito mais amplo porque vai haver uma concentração de visitantes em determinadas datas comemorativas. Mas é mais do que uma celebração específica. Vamos ter, todo ano, a oportunidade de atrair pessoas para o memorial, o santuário, as Osid. A canonização pode ampliar essa perspectiva dos turistas de lazer e negócios que podem ampliar a estadia para viver essa experiência”, comentou.

O frei Giovanni Messias informou que a Arquidiocese de Salvador já se prepara para o aumento nas visitas. “A gente tem se organizado. É um número exorbitante de pessoas que vêm ao santuário”, disse o reitor do Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres.

Mudanças nas missas
Mas não é só o reconhecimento de Irmão Dulce para os membros da igreja católica no mundo que vai mudar. Com o novo título, todas as festas, cantos e falas que mencionam a atual Bem-Aventurada vão ter que ser adaptadas com a nova designação de Santa Dulce dos Pobres.

Sendo assim, a primeira missa em honra da santa, realizada pelo Arcebispo Dom Murilo Krieger no dia 14 de outubro, na Igreja de Santo Antônio dos Portugueses, em Roma, já vai se referir a irmã baiana como Santa Dulce dos Pobres. A partir daí, todas as celebrações utilizarão esta nomeação. Apesar das mudanças, o rito litúrgico para a santa permanece o mesmo que foi realizado nos festejos de hoje, mas, agora, como uma data de celebração universal.

Cerimônia de canonização e celebração
A Bem-Aventurada Dulce dos Pobres vai ser proclamada santa da igreja católica, no dia 13 de outubro, em cerimônia presidida pelo Papa Francisco, no Vaticano, às 10h, no horário local. Na ocasião, os embaixadores do Anjo Bom da Bahia, Margareth Menezes e Waldonys, vão homenagear a santa com uma apresentação musical. O miraculado, o músico José Maurício Moreira, 50, também vai estar presente no ato.

No Brasil, a primeira celebração para santa vai ocorrer no dia 20 de outubro, às 16h, na Fonte Nova. O ato também vai ser presidido pelo Arcebispo de Salvador. Os cantores Margareth Menezes, Waldonys, Saulo e Tuca Fernandes vão se apresentar durante o evento. Uma peça sobre a trajetória de Irmã Dulce ainda vai ser interpretada por 500 alunos do Centro Educacional Santo Antônio, que integra a Osid.

Embaixadores
Os embaixadores da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, Margareth Menezes e o sanfoneiro Waldonys, reconhecem a importância das ações sociais da irmã. Com a possibilidade de honrar a Bem-Aventurada, agora é a vez deles servirem aos ideais da freira através da homenagem feita nesta terça e nas celebrações do canonização.

A cantora cresceu muito próxima da freira. Ela vivia com a família ao lado da casa onde as Obras Sociais começaram. “O sentimento dela de acolher é um exemplo. Isso é uma doação, ela cumpre o que se propôs a fazer na vida, fazer o bem. Morávamos na casa ao lado. A gente sempre vinha pedir a benção para a irmã. Tinha a igrejinha dela, vínhamos aqui. Já existia esse respeito”, relembrou a artista.

Católico desde criança, Waldonys também vê a freira baiana como um ser de grande bondade no mundo. “Ela é uma luz muito forte. Ajudar sem pensar em receber foi uma das grandes mensagens que a irmã deixou para a gente”, pontuou.

Na apresentação da nona edição da festejo, os dois embaixadores se uniram ao miraculado, o maestro Zé Maurício, para homenagear a mulher por trás de toda essa bondade. Ele vê com grande emoção a possibilidade de honrar a freira que lhe concedeu a visão de volta. “Em vida, ela já era uma divindade viva. Já sabíamos que ela viraria santa”, afirmou aí relembrar as três vezes em que se encontrar com Irmã Dulce em vida.

*Com orientação do chefe de reportagem Jorge Gauthier


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dancarino-de-clipe-de-anitta-e-morto-no-rio-estarrecida/
Segundo moradores, ele foi assassinado por vingança após uma briga
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/morre-marie-fredriksson-vocalista-da-roxette/
Ela foi diagnosticada em 2002 com um tumor no cérebro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/filme-sobre-geovane-morto-por-policiais-chega-ao-festival-do-rio/
Dirigido por Bernard Attal, documentário se baseia em caso revelado pelo CORREIO
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/harmonia-recebe-ludmilla-e-ferrugem-em-gravacao-de-dvd-no-wetn-wild/
Gravação acontece na estreia d'A Melhor Segunda Feira do Mundo, no dia 6 de janeiro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rapper-juice-wrld-morre-aos-21-anos-nos-estados-unidos/
Ele sofreu convulsão no aeroporto; artistas lamentam
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fotografa-faz-ensaios-para-negros-a-preco-acessivel-no-reconcavo/
Ellen Katarine também é trancista, dreadmaker e estudante de História na UFRB
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/thiaguinho-chora-ao-cantar-musica-que-escreveu-para-fernanda-souza-veja/
Cantor começou a se emocionar durante a canção 'Deixa Tudo Como Está'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dancarino-morre-e-outras-duas-pessoas-ficam-feridas-em-ataque-de-faccao/
Três homens e uma mulher em um carro atiraram contra moradores em São João do Cabrito
Ler Mais