Salários dos professores grevistas serão pagos no dia 15, diz secretaria

bahia
07.08.2012, 16:50:00

Salários dos professores grevistas serão pagos no dia 15, diz secretaria

Diretores devem enviar calendário de reposição de aulas até a próxima segunda (13)

Da Redação

O pagamento dos salários dos professores da rede estadual que ainda estão fora de folha será efetuado no dia 15 deste mês, conforme informado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia nesta terça-feira (7). O pagamento é referente aos meses de abril, junho e julho, período da greve da categoria, e condicionado ao calendário de reposição de aulas.

A secretaria orienta que as escolas providenciem a aprovação do calendário de reposição junto ao colegiado escolar e o envio às Diretorias Regionais de Educação (Direc) para que os professores que ainda estão fora da folha recebam seus salários no dia 15.

Os diretores das escolas devem enviar o calendário de reposição de aulas até a próxima segunda-feira (13). Em nota, o secretário estadual da Educação, Osvaldo Barreto, ressalta que o cumprimento do ano letivo está assegurado em toda rede estadual.

A Bahia possui 1.411 unidades escolares. Na segunda-feira (6), a SEC já havia informado que cerca de 1.200 unidades escolares vão encerrar o letivo 2012 até janeiro, 200 no final de fevereiro de 2013 e algumas, no máximo, até o dia 4 de março.

As aulas na maior parte das escolas ficaram suspensas durante a greve dos professores, encerrada na última sexta (3) após 115 dias.


Professores paralisaram as atividades durante 115 dias


Os alunos do terceiro ano do ensino médio são os que terão maior dificuldade para cumprir o calendário. Nos fins de semana, terão de se dividir entre aulas de reposição e os aulões preparatórios para a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas