Salvador é o segundo destino mais procurado do Brasil para viagem pós-pandemia

salvador
26.06.2020, 18:26:00
Atualizado: 26.06.2020, 18:27:01
(Mauro Akin Nassor/Arquivo CORREIO)

Salvador é o segundo destino mais procurado do Brasil para viagem pós-pandemia

Secult anuncia Centro de Recuperação do Turismo para ajudar setor na capital baiana

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Salvador é mesmo o xodó dos turistas do mundo inteiro. Não à toa, a capital baiana é o segundo destino brasileiro mais procurado para quem pretende fazer as malas e viajar após o fim da pandemia, de acordo com a operadora CVC Brasil.

A retomada do turismo em Salvador foi inclusive tema de debate entre o secretário municipal de Cultura e Turismo (Secult), Pablo Barrozo, e representantes da operadora e do trade turístico. “Tenho certeza que Salvador será o destino mais visitado no pós-pandemia”, disse o titular da pasta.

Dados apresentados pela CVC mostram que 85% da procura pelos destinos são domésticos - ou seja, dentro do mesmo país. “Esse dado nos dá esperança e nos coloca como protagonistas nessa retomada. Mas precisamos destacar que a nossa cidade tem o compromisso com a vida das pessoas. E nosso plano de retomada será baseado na segurança delas. Por isso, criamos o Selo Verificado para estabelecimentos de turismo, que passarão por rígidos protocolos sanitários para que possam receber o turista da forma mais segura possível”, ponderou Pablo Barrozo.

De acordo com o secretário, há projetos para a retomada do setor, como o Centro de Recuperação do Turismo, que deve ser inaugurado ainda no mês de julho, mas tudo será feito aos poucos e de forma cautelosa.

“Será um espaço voltado para os micro e pequenos empresários do turismo que passaram por dificuldades nesse momento de pandemia. Teremos postos dos principais bancos para facilitar o acesso ao crédito, serviços da prefeitura, um coworking para garantir um espaço físico para aqueles que fecharam as portas, e muitos outros serviços. Será um local para abraçar todo o trade, que tem tanta importância para nossa cidade”, completou.

Salvador tem ainda outras obras que prometem impulsionar o turismo em andamento. “Mesmo durante a pandemia, nós não paramos de preparar a cidade para os turistas. Os equipamentos turísticos e a infraestrutura da cidade continuam a todo vapor. Temos a expectativa de inaugurar agora em julho a nova Praça Cairu. Ao lado dela, teremos um dos equipamentos mais visitados da nossa cidade: o Arquivo Público e a Casa da História. E ainda estamos construindo a Casa da Música, um espaço de celebração e conhecimento de Salvador através da musicalidade", exemplificou o secretário.

Para o diretor executivo da CVC, Fábio Mader, Salvador é um importante destino turístico para o país e tem se preparado bem para quando puder voltar a receber visitantes.

“Vejo com muito bons olhos a posição de Salvador. Tem tudo para ser protagonista dessa retomada, não só por suas belezas naturais, mas pelo posicionamento estratégico de empresas do setor aéreo. Entendo que muitos brasileiros deixarão de sair do Brasil para explorarem o mercado doméstico e não tem como fazer isso sem passar pela Bahia”, afirmou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas