Santo Inácio: homens invadem lava a jato e executam duas pessoas

salvador
24.03.2019, 13:07:00
Atualizado: 25.03.2019, 15:02:38

Santo Inácio: homens invadem lava a jato e executam duas pessoas

Djalma, 44, foi morto ao lado de um jovem de 18 anos, Eduardo, que lavava o carro do cliente

Dois homens foram mortos a tiros do bairro de Santo Inácio, na noite deste sábado (23). O encarregado de vendas Djalma do Patrocínio Santos Júnior, 44 anos, e o estudante Eduardo Bispo Santos, 18, que tinha um lava a jato, foram baleados por homens que, segundo moradores do bairro, estavam encapuzados.

As vítimas estavam no lava a jato quando foram surpreendidas pelos assassinos. Depois de cometerem o crime, os bandidos escreveram no carro de Djalma a sigla "BDM", iniciais da facção criminosa Bonde do Maluco. 

Ainda não há informações sobre quem era o alvo do ataque, que aconteceu na Rua Água de Cheiro, depois da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro. Como de costume, Djalma foi lavar o seu Renault Captur no bairro de Santo Inácio, onde mora um amigo. Era por volta das 19h quando Eduardo terminava de enxugar o carro, enquanto Djalma aguardava ao lado.

"Foi quando desceram de um carro um grupo de homens armados e começaram a atirar. Eles estavam encapuzados", contou um parente de Djalma, na manhã deste domingo (24) no Instituto Médico Legal (IML). 

A família de Djalma foi informada do crime horas depois. “Já era de tarde, quase meia-noite quando chegamos no local. Encontramos ainda algumas viaturas da polícia. Não achamos a carteira dele (Djalma) e nem o celular”, disse um outro parente da vítima. 

Questionado sobre o motivo do crime, uma outra pessoa da família respondeu: “Ele era um pai de família, trabalhador. Não era vagabundo. O restante só Deus é quem sabe”.

Djalma trabalhava numa concessionária de carros, era casado e tinha dois filhos - um menino 11 anos cadeirante e uma menina de um ano e dez meses. Ele será enterrado no cemitério Campo Santo, na Federação. Por enquanto não há informações sobre dia nem horário do enterro. 

Moradores contaram que Eduardo havia montado o lava a jato para ajudar os pais
(Foto: Reprodução)

'Cara limpa'
Uma outra versão, também apresentada por moradores do bairro, nega que os atiradores estivessem encapuzados. Segundo testemunhas, o grupo chegou ao local dividido: uns a pé, outros de carro. Uma testemunha contou que eram mais de 40 pessoas, fortemente armadas e com coletes à prova de balas. Eles atiraram contra outras pessoas, mas apenas Eduardo - que lavava o carro, foi tirado de dentro do veículo e morto diante da mãe - e Djalma, que era cliente antigo do lava a jato, foram atingidos. 

"Foi uma correria, gente se escondeu até atrás da geladeira do mercado, crianças apavoradas correndo, foi um desespero", disse um morador, que não quis se identificar. Ele também afirmou que o ataque partiu da facção BDM. que tenta tomar o controle do tráfico de drogas no local.

Eduardo, conhecido no bairro como Tim, havia montado o lava a jato na frente de casa para ajudar os pais no sustento da família. No imóvel, moravam ele, o pai, a mãe e mais quatro irmãos. "Eduardo era um menino nascido e criado no bairro. A rotina era igreja pela manhã, depois trabalho e depois escola. Um menino de boa índole, pais maravilhosos", contou outro morador. Neste domingo (24), mensagens de luto foram escritas no local.

Mensagem de luto em homenagem a Eduardo, conhecido como Tim, foi deixada no bairro
(Foto: Reprodução)

Investigação
O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e proteção à Pessoa (DHPP). Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Civil, a 2ª Delegacia de Homicídios Central (DH/Central) investiga as mortes. A rivalidade entre criminosos da região é a motivação que está sendo apurada. A polícia informou ainda que equipes do DHPP estão em campo, com o objetivo de identificar e prender os autores.

Em nota, a Polícia Militar (PM) informou que policiais “da 48ª CIPM foram acionados logo após informações de disparos de arma de fogo com duas vítimas na Rua das Águas de Cheiro, bairro Jardim Santo Inácio, na noite de sábado (23). A guarnição encontrou no local um homem, 44 anos, ferido, porém já sem vida. Segundo informações de transeuntes, a outra vítima, um rapaz de 18 anos também ferido nos disparos, foi socorrida por populares a UPA de Jardim Santo Inácio, mas não resistiu aos ferimentos”.
 


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/antes-de-jogar-carro-contra-caminhao-pai-manda-filho-gravar-video-adeus-mae/
Garoto e o pai, que não aceitava fim de casamento, morreram na batida
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/morre-em-sp-o-cantor-portugues-roberto-leal-aos-67-anos/
O cantor vinha há dois anos tratando um câncer de pele, e teve complicações na última semana
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/toquinho-ivan-lins-e-mpb4-comemoram-50-anos-de-musica/
Artistas trazem a Salvador show que está há 4 anos na estrada e no qual cantam seus grandes sucessos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/teago-oliveira-se-prepara-para-lancar-o-primeiro-album-solo/
Vocalista da banda Maglore é o convidado da coluna Meu Domingo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/torcedores-do-vitoria-arrecadam-latas-de-sardinha-apos-milho-na-fonte-nova/
Revanche para milho derramado na Fonte Nova antes do jogo do Vitória veio também em forma de provocação
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/antes-de-jogo-do-vitoria-dezenas-de-quilos-de-milho-sao-despejados-no-entorno-da-fonte-nova/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/famosa-por-covers-de-amy-clariana-lanca-primeiro-ep-com-musicas-autorais/
Cantora baiana apresenta 'Pra Sentir', com três faixas inéditas; confira
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/enganado-nigeriano-que-aparece-em-video-do-governo-bolsonaro-e-alvo-de-racismo/
'Fiquei mal, não consegui sair de casa', relata professor que vive em Salvador
Ler Mais