São João e Covid: quais as consequências do aumento de infecções na Bahia?

minha bahia
22.06.2022, 12:00:00

São João e Covid: quais as consequências do aumento de infecções na Bahia?

Episódio recebe especialistas para debater cenários das festas juninas e possibilidade de uma nova onda da doença

Poucas semanas antes do São João, o estado da Bahia registrou um aumento de quase 200% no número de infecções por Covid-19. Após meses de estabilidade na contaminação e no número de mortes, a chegada de uma nova onda de casos preocupa especialistas da medicina e gera uma série de perguntas na cabeça das pessoas. Será que esse crescimento é, de fato, preocupante? O que explica essa onda que estamos vivendo agora?

Como o São João pode impactar nesse aumento da contaminação não só no estado da Bahia, mas em todo o Brasil? Nesse episódio do podcast de reportagens especiais do Correio, o O Que a Bahia Quer Saber recebe especialistas em saúde para responder essas perguntas.

O episódio 53 do programa convida Dário Frederico Pasche, professor doutor do departamento de saúde coletiva de UFRGS, e Raquel Stuchhi, que é médica infectologista, professora associada da Unicamp e consultora da Associação Brasileira de Infectologia. Dário relata quais são as possíveis causas para o aparecimento dessa nova onda e associa ao relaxamento de medidas de prevenção. Ele explica quais as medidas precisam ser controladas neste momento e por quê elas impactaram tanto para esse pico de infecções.

Você também pode ouvir em outros aplicativos (veja abaixo)

Raquel Stucchi alerta para o atual cenário da vacinação no país. Assim como no Brasil, a Bahia caminha a passos lentos na imunização contra a Covid-19 e apresenta números baixos quando se trata das doses de reforço para a população. A infectologista também explica por quê a diminuição no ritmo da vacinação impacta diretamente nas contaminações e quais as alternativas para quem vai curtir o São João, mas quer se manter seguro e todos ao seu redor. Será que dá para fazer isso em meio a tantas festas juninas? E mais, o que explicaria essa baixa adesão às vacinas pelos baianos e brasileiros? Se até o fim de 2021 o país se mostrava estimulado a frequentar os postos de saúde, o que pode ter mudado para a vacinação ter empacado?

Esse programa tem produção, narração e edição de Vinícius Harfush, com o apoio da matéria escrita pela repórter Esther Morais. 

Toda semana, você tem no podcast O Que a Bahia Quer Saber uma matéria especial em formato de áudio. Um mergulho em algum tema de relevância para o estado. Você poderá acessar os episódios aqui mesmo no site do Correio* no seu aplicativo favorito de podcasts: no Spotify, no Deezer, no Anchor, no Google Podcasts ou no Apple Podcasts.

Você também pode ouvir nos aplicativos de sua preferência:

Spotify:

Para ouvir diretamente no Spotify, clique aqui.


Apple Podcasts:

Para ouvir diretamente no Apple Podcasts, clique aqui.


Castbox:


Deezer:


Para ouvir diretamente no Deezer, clique aqui.


Google Podcasts:


Para ouvir diretamente no Google Podcasts, clique aqui.


Outros aplicativos


Para ouvir no Stitcher, clique aqui.

Para ouvir no Pocket Casts, clique aqui.

Para ouvir no Breaker, clique aqui.

Para ouvir no Radio Public, clique aqui.


Mas... O que é "podcast"?

Podcast é um programa de áudio, igualzinho a um de rádio. A diferença é que você pode ouvir quando, como e onde quiser. Pode ser no celular, no computador ou na TV. Se quiser, você pode pausar, voltar, adiantar ou pular os trechos, se preferir.

Para ouvir, basta tocar no player acima. Ou, se preferir, basta clicar nos links para ouvi-lo no Spotify, no Deezer, no Apple Podcasts ou no Google Podcasts. Também é possível buscar os episódios diretamente nos aplicativos.

O Que a Bahia Quer Saber

O CORREIO produz podcasts desde 2017, quando iniciou o Bate-Pronto Podcast, sobre futebol baiano. Em 2020, lançamos o O Que a Bahia Quer Saber, podcast diário com notícias relevantes para o estado.

Em 2021, o O Que a Bahia Quer Saber volta com formato especial: a cada semana, o leitor (e ouvinte!) terá uma matéria especial, com o padrão do CORREIO de jornalismo, porém explorando toda a riqueza que o áudio pode trazer.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas