Sarau de Segunda, Arte de Primeira retoma atividades hoje

entretenimento
10.10.2017, 09:00:00
Atualizado: 10.10.2017, 14:12:10
Sarau faz mudança para a Varanda do Teatro Sesi Rio Vermelho (Foto: Fábio Bouzas/Divulgação)

Sarau de Segunda, Arte de Primeira retoma atividades hoje

Evento, que reúne múltiplas expressões artísticas, acontece na Varanda do Sesi; ingresso: R$ 20

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Sarau de Segunda, Arte de Primeira retorna à cena soteropolitana hoje (10), das 19h às 22h, na Varanda do Teatro Sesi Rio Vermelho. O projeto reúne integrantes de múltiplas expressões artísticas, como criadores da música, teatro, poesia, arte transformista, dança e artes visuais. Em sua 13ª edição, o evento idealizado pelo ator, produtor e jornalista Arlon Souza, promete ocorrer mensalmente, já tendo as próximas datas garantidas para os dias 28/11 e 12/12, sempre às terças-feiras, com ingresso a R$ 20.

A ambiência em espaços abertos continua sendo um dos pontos basilares da iniciativa, que acontecia na Companhia da Pizza e prossegue com utilização do espaço público como ambiente democrático, com o objetivo de dinamizar e fortalecer ainda mais o comércio local, promovendo lazer, difusão e intercâmbio cultural. "Quem passa na rua vê, ouve, participa, para pra ficar. A ideia é ter esse movimento, que alimenta novos contatos e divulga os trabalhos que ali estão", exclama Arlon, que observa artistas jovens e veteranos a cada edição.

A diversidade de estilos musicais, desta vez, inclui nomes como Suzana Bello, Sérgio Bahia (Duo Sense), Filipe Lorenzo, Banda Forró Mangueados, Antenor Cardoso (banda Retor_Visor), com um repertório de canções autorais, música brasileira, instrumental e grandes clássicos. A improvisação da atriz Aícha Marques e do Grupo Caratapa também tomam o lugar, assim como o teatro do ator Ricardo Castro. A arte transformista da drag queen Alehandra Dellavega e dança com o Grupo de Valsa Novos Talentos, preenchem a programação, que ainda é movimentada pela intervenção artística da artista visual Vivian D’utra e pelas apresentações poéticas de Denisson Palumbo e do ator e músico Daniel Farias.

No evento, acontecem artes feitas em tempo real, como pinturas e pequenas esculturas. Na foto, a pintora Vivian d'Utra, na 9ª edição do projeto
(Foto: Isac Kosminsky/Divulgação)

O projeto não monta um esquema de horários, ou seja, não marca e não endurece momentos específicos para as apresentações. Cada artista pode acabar se apresentando mais de uma vez ou mudando o seu horário com outro artista ao decorrer da noite. O gosto da surpresa, no entanto, é sempre intercalado com música. Entre uma apresentação e outra, composições autorais ou já conhecidas pelo grande público, são interpretadas pelos cantores presentes. "Um poeta pode acabar escrevendo novos poemas durante o evento, por exemplo, então ele pode apresentar esses poemas em um segundo momento. Não colocamos nada em caixinhas, mas fazemos sempre os respiros musicais", alerta o idealizador do evento, no qual acontecem artes feitas em tempo real, como pinturas e pequenas esculturas.

A iniciativa, que vem se firmando pelas múltiplas manifestações artísticas, aposta na interação entre o público e os nomes apresentados. "Sempre que possível, abrimos espaço para que alguém do público possa recitar um poema, dar uma palinha musical ou mostrar a sua arte da maneira que desejar. É um movimento de trocas, não tem isso dos artistas serem intocáveis, é uma mistura de verdades de uma forma mais direta", pondera o produtor Arlon, que ainda afirma pensar que o sarau deslocou a arte transformista do centro da cidade pra Orla. "O sarau valoriza a arte que está acontecendo agora mesmo, ele dá espaço para os novos talentos, indo além das ambiências mercadológicas. Muitos artistas acabam se conhecendo e fazendo parcerias depois de passarem pelo projeto, assim eles produzem novos eventos ou produtos, e ganham ainda mais espaço no cenário local", sinaliza.

Apesar do sarau de hoje (10) já estar com a lista de artistas preenchida, os interessados em apresentar no evento do dia 28 de novembro podem enviar material através do e-mail: saraudesegundassa@gmail.com. São analisados envios que contemplem quaisquer teores artísticos, como projetos de poetas, músicos, dançarinos e afins. Mais informações ficam disponíveis na página do Facebook do projeto e no Instagram.  

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas