Satélite: PF e Ministério público estão de olho em movimentação financeira de filhos de magistrados baianos

satélite
21.01.2017, 08:33:00
Atualizado: 21.01.2017, 08:33:58

Satélite: PF e Ministério público estão de olho em movimentação financeira de filhos de magistrados baianos

Caixa de Pandora
A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público andam especialmente de olho na movimentação financeira operada por filhos de magistrados baianos aposentados ou na ativa. O interesse surgiu a partir do cruzamento de dados fiscais, bancários e eletrônicos de empresas e pessoas investigadas, com autorização da Justiça, por apresentar um fluxo atípico de recursos nos últimos meses, cujas cifras são incompatíveis com o patrimônio declarado pelos alvos. Agora, especialistas da PF em lavagem de dinheiro e evasão de divisas querem passar a lupa sobre os rastros descobertos durante a apuração. A princípio, suspeita-se de que parte dos repasses tenha origem em esquemas de venda de sentenças judiciais milionárias.

Suprema desconfiança
A teoria da conspiração em torno da morte do ministro do Supremo Teori Zavascki ronda a cabeça da maioria dos brasileiros, aponta a mais nova pesquisa feita pelo Instituto Paraná com 2.800 pessoas. De acordo com o levantamento, 83,1% dos entrevistados ouvidos ontem e anteontem acreditam que a queda do avião em Paraty foi criminosa e proposital. Para outros 15,6%, trata-se apenas de fatalidade, enquanto 1,3% não opinaram. Em contrapartida, 65% se disseram contra a nomeação do juiz federal Sergio Moro para a vaga de Teori. Mas, segundo o instituto, o percentual alto reflete o medo de que, sem Moro, a Operação Lava Jato naufrague.

Pé na tábua
O Palácio Thomé de Souza vai lançar no fim deste mês o edital para a construção da primeira etapa do BRT de Salvador, corredor de ônibus expressos que vai ligar o Parque da Cidade à Linha 2 do metrô, na altura do Iguatemi. A expectativa é a de que, uma vez concluído o processo de licitação, as obras comecem em no máximo 90 dias. Antes de viajar no início da semana, o prefeito ACM Neto (DEM) pediu à equipe pressa na finalização da proposta. Quer vê-la pronta no próximo dia 25, quando retorna à capital.

"Ficou muito ruim essa ideia de que a oposição decidiria a eleição na Assembleia, quando governo tem 42 deputados", Lídice da Mata Senadora do PSB, em bate papo com internautas ontem nas redes sociais, quando criticou o racha de candidatos da base aliada.

Memória do cárcere 
O capitão da PM Pablo Fagner Araújo Carvalho foi exonerado oficialmente ontem do comando da Cadeia Pública de Salvador, sete dias após a fuga de 17 presos da facção Bonde do Maluco. Além dele, o governador Rui Costa (PT) defenestrou também o diretor-adjunto da unidade, Paulo Sacramento. As demissões haviam sido antecipadas pelo governo no fim de semana passado. Para os lugares de Carvalho e Sacramento, foram nomeados Marcelo Neri Magalhães, que dirigia o Centro de Observação Penal (COP), e Manoel Urbano Lima Filho, respectivamente.

Cheiro de pólvora
O clima é de guerra aberta e declarada entre o secretário estadual de Turismo, José Alves, e líderes de entidades que representam o setor. O estopim foi aceso ontem, quando os dois lados da contenda intensificaram a troca de farpas via imprensa. Para Alves, os ataques contra sua gestão têm como pano de fundo apenas a disputa política entre Rui Costa e ACM Neto . Para dirigentes do trade turístico, ao politizar as críticas, Alves busca desviar o foco da ineficiência do governo baiano, que resultou na maior crise enfrentada por eles nos últimos 30 anos.

Pílula
Nariz torcido:
 As trocas no secretariado elevaram o nível de insatisfação de cardeais petistas com o Palácio de Ondina. Há quem fale sem rodeios em deixar a sigla.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas