Saulo e Luciano Calazans se apresentam nesta quarta (12) e quinta (13)

entretenimento
10.09.2018, 18:00:00
(Felipe Oliveira/Divulgação)

Saulo e Luciano Calazans se apresentam nesta quarta (12) e quinta (13)

Ingressos custam entre R$ 20 e 80; shows acontecem às 20h30, no Teatro Sesc, em Salvador

Após o sucesso da estreia no mês de agosto, Saulo e Luciano Calazans vão realizar novamente o encontro que propõe ao público uma experiência de imersão numa atmosfera de paz naquilo que os uniu: a música. Serão duas apresentações: uma na quarta e outra na quinta-feira, dias 12 e 13 de setembro, às 20h30.

“Após nossa primeira Reza eu não consegui me desligar por alguns dias. Flashes vinham o tempo todo à mente. Uma experiência muito forte e verdadeira”, conta Saulo se referindo à estreia.

Sabe aquelas músicas que todo mundo sabe e que parecem grandes rezas ao serem entoadas? Pois elas são as norteadoras do show Reza Forte. Além das canções autorais de ambos artistas, o repertório conta com clássicas como Amor de Índio, de Beto Guedes; Brincar de Viver, de Maria Bethânia e Anjo, do próprio Saulo. “Apresentamos canções que parecem orações e que celebram coisas como amor, a vida, a natureza, e todas as coisas belas do universo. Anjo, por exemplo, é uma dessas canções que você ouve e se sente um pouco fora do chão”, explica Saulo. 

As músicas não têm ligação com religião, mas passam uma mensagem de reflexão, como a que leva o nome do show, que é uma parceria dos dois com Ronaldo Bastos. “São chamamentos de energia boa. Brinco que são músicas para nos salvar, porque a gente sente muito as dores do mundo e de forma muito intensa”, fala o baiano. 

(Eder Mota/Divulgação)

Além de celebrarem as pequenas coisas da vida, os amigos de longa data desejam encorajar a esperança, em um mundo cheio de conflitos políticos, sociais e econômicos. “Acredito na emoção como política transformadora. É pra a gente se salvar, primeiro, depois entregamos para o público todo bem que desejamos para nós dois. É uma revolução, em dias tão tristes, tão sós, insistir em falar de céu, de amor e da vida desse jeito. Isso me salvou e acho que é, de verdade, o que salvará o mundo. A canção, assim como a emoção, é um lugar de transformação. Essa emoção faz com que a gente pense. Não queremos fugir dos problemas - porque eles não vão sumir no outro dia - mas encará-los de outra forma”, afirma. 

“Saulinho e eu comungamos pensamentos sobre o mundo e as relações muito parecidos. Acreditamos que nunca foi preciso tanta Reza Forte como nos dias de hoje e assim faremos uma parte importante da nossa parte”, completa Luciano, parceiro de Saulo na composição das faixas Lábios Vermelhos e Ponte, Casa e Flor, do álbum O Azul e o Sol. 


O ex-vocalista da banda Eva está focado no seu quarto trabalho solo, o DVD Sol Lua Sol, que foi gravado em São Paulo, no dia 18 de agosto. “Ainda neste ano, vou entrar em turnê pelo Brasil”, afirma o cantor.

Serviço
O quê:
Reza Forte - Saulo e Luciano Calazans
Quando: Quarta (12) e quinta (13), às 20h30
Onde: Teatro SESC Casa do Comércio
Valor: R$ 80 a R$ 20
Vendas: www.ingressorapido.com.br ou na bilheteria do teatro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas