'Se eu não ficar, ninguém vai lembrar da MSL', diz Ibrahimovic

esportes
25.10.2019, 17:33:00
Atualizado: 25.10.2019, 17:33:59
(Foto: Katharine Lotze/AFP)

'Se eu não ficar, ninguém vai lembrar da MSL', diz Ibrahimovic

Eliminado com seu time, atacante saiu de campo fazendo gesto obsceno

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

"Se eu ficar, será bom para a Major League Soccer (MLS), porque o mundo inteiro vai assistir. Se eu não ficar, ninguém vai lembrar que a MLS existe". Conhecido por ser marrento, Zlatan Ibrahimovic deu essa declaração após seu time, o Los Angeles Galaxy, ter sido eliminado da briga pelo título da liga - foi derrotado pelo Los Angeles FC por 5x3 nas semifinais da Conferência Oeste.

A partida, como o astro sueco deu a entender, pode ter sido sua última no campeonato. O contrato de Ibra com o clube vai até dezembro e ainda não se sabe se acontecerá uma renovação. Aos 38 anos, o jogador não pensa em aposentadoria e, com 31 gols em 31 jogos na temporada, está nos planos do Napoli para a próxima janela europeia (em janeiro).

Sem filtro, Ibrahimovic continuou disparando comentários ácidos. "Não quero ser desrespeitoso, mas isso é como um treino para mim. O estádio é muito pequeno para mim (capacidade para 22 mil torcedores). Estou acostumado com públicos de 80 mil. É como um passeio no parque".

Na saída do gramado, ainda respondeu com um gesto obceno quando foi provocado por torcedores do LAFC (veja no vídeo abaixo).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas