Seis alunos são rendidos com pistolas em assalto na Ufba

salvador
31.10.2016, 12:40:00
Atualizado: 31.10.2016, 14:07:35

Seis alunos são rendidos com pistolas em assalto na Ufba

Eles ficaram em poder dos bandidos por cerca de três horas; o alvo dos bandidos era o caixa eletrônico

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Seis estudantes da Universidade Federal da Bahia (Ufba) foram rendidos e roubados por assaltantes dentro do campus da Federação, na Escola Politécnica, na tarde de domingo (30). Eles ficaram em poder dos ladrões por, aproximadamente, três horas. Os bandidos tentaram atacar o caixa eletrônico que fica na unidade, mas o maçarico não funcionou. Foi a segunda vez este ano que o o caixa eletrônico da Escola Politécnica é alvo de criminosos. 

Três estudantes chegaram a ser amarrados pelos bandidos, que levaram dois carros dos alunos, dois notebooks, seis aparelhos celulares, uma caixa de som e além de duas pistolas e colete a prova de balas usados pelos seguranças do local. Entre as vítimas estão cinco estudantes da graduação de Engenharia Mecânica e uma aluna do mestrado, que é colombiana.

Uma das vítimas, que pediu para não ser identificada, conta que cinco estudantes estavam na oficina trabalhando em um projeto que será levado para uma competição nacional e que, por volta das 15h, dois colegas subiram para pegar água. "Quando eles passaram pela porta para pegar a água já foram surpreendidos por alguns dos assaltantes e foram rendidos", conta, ressaltando que o grupo estava na faculdade desde às 12h.

Diante da demora dos dois estudantes, os colegas acharam que eles tinham saído para comprar alguma coisa fora. "Continuamos trabalhando na oficina e, por volta das 17h, quando estava saindo da faculdade, fui abordado. Eram uns oito que a gente viu, mas disseram que tinham mais lá fora, mas não vimos. Todos estavam armados com pistolas", contou o estudante.

Os bandidos, que estavam todos bem-vestidos, se passaram por entregadores de revistas para ter acesso à universidade, disse o estudante. "Por volta das 19h chegaram duas viaturas da Polícia Militar, falamos o que ocorreu e disseram que tínhamos que prestar queixa", contou.

Ainda segundo o estudante, o policial informou que, devido ao horário e por ser domingo, eles não conseguiriam fazer o boletim de ocorrência na 7ª Delegacia (Rio Vermelho), que é a responsável pela área. Já os dois amigos que tiveram o carro roubado registraram ocorrência ontem mesmo. O CORREIO procurou a assessoria de comunicação da Ufba, que ainda não se posicionou. A Polícia Federal também foi procurada e até o momento ainda não se posicionou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas