Seis baianos seguem no The Voice Brasil; veja quem são

entretenimento
20.08.2019, 19:00:00
Atualizado: 20.08.2019, 19:33:16
(Divulgação/TV Globo)

Seis baianos seguem no The Voice Brasil; veja quem são

Nesta terça-feira (20), começa a fase de Batalhas do The Voice Brasil 2019

O reality show The Voice Brasil, da Globo/TV Bahia, chega a uma nova etapa e a emoção é cada vez maior: começa a fase de Batalhas, em que os participantes se apresentam em duplas. Seis candidatos baianos seguem na competição (veja quem são abaixo). Cabe aos técnicos definir quais cantores dividirão a mesma música. Ao final da apresentação, apenas um deles segue no reality musical.

Mas quem ficar de fora ainda terá uma esperança, já que um outro técnico poderá salvá-lo usando o botão “Peguei”. Se não for salvo, o participante deixa o programa
(Foto: Raquel Cunha/TV Globo)

A técnica baiana Ivete Sangalo defende que esta etapa não é um duelo, mas um dueto. “A opinião do time é fundamental e sempre foi priorizada. Embora eu traga as minhas ideias, sempre pondero a percepção do artista sobre ele mesmo e o que ele vai interpretar. Eu prefiro que ele esteja feliz e confortável, então não há imposições”, acrescenta.

(Foto: Raquel Cunha/Rede Globo)

Lulu Santos diz que a nova fase representa uma chance que o participante tem para evoluir: “O mais importante é que os participantes consigam enxergar que existe um lugar para uma dinâmica de crescimento dentro do próprio desenrolar do concurso. Eles precisam compreender bem o que eles estão fazendo ali e o que eles ganham com a abnegação que é necessária para passar para a próxima etapa”.

(Foto: Reprodução)

Além de Lulu e Ivete, os outros técnicos são Iza, que estreia no lugar de Carlinhos Brown, e Michel Teló, que venceu todas as quatro edições que disputou até hoje.

Conheça os baianos que seguem no The Voice Brasil

  • Amanda Magalhães, 25 anos, de Feira de Santana
(Foto: Divulgação)

Baiana de Feira de Santana, Amanda Magalhães virou a cadeira da cantora Iza na quarta noite de Audições às Cegas do The Voice Brasil 2019. A apresentação dela foi ao ar no dia  8, quando ela cantou Quando Fui chuva, de Maria Gadu. Aos 25 anos, Amanda canta, atua e dança. "Participo de uma companhia de teatro musical, e isso me ajuda a usar a música, a dança e o teatro. Gosto dessa união dos três", contou  a feirense no reality show musical.

No programa, ela informou também que seu estilo musical é uma mistura de soul e pop, e a música que define sua vida no momento é Dono dos Meus Dias, de Daniela Araújo.

“A gente vai fazer muita coisa maravilhosa, sua extensão é incrível. Você vai encantar cada vez mais o Brasil, parabéns!", afirmou Iza enquanto a encontrava no palco. Amanda faz parte do elenco do filme Porque Eu Te Amei, de Feira de Santana, e é a segunda feirense a  participar do The Voice. A primeira foi Paula Sanffer.

  • Clara Castro, 22 anos, de Prado

(Foto: Divulgação)

A baiana Ana Clara Castro, mais conhecida como Clara Castro, deu o que falar na sua apresentação: ela cantou de Is This Love, do inesquecível Bob Marley. Natural de Prado, município no extremo sul da Bahia, a jovem de 22 anos fez os técnicos Ivete Sangalo, Iza e Michel Teló virarem as cadeiras vermelhas no programa. No final, a artista decidiu entrar para o time da conterrânea Ivete. Assista a audição de Clara.

A pradense tem uma outra grande paixão além de cantar: tocar violão. Com um estilo musical que vai do rock ao reggae, passando pela MPB e a bossa nova, Clara acredita que a música que define sua vida é What’s Up, da banda 4 Non Blondes. Atualmente, ela mora em Belo Horizonte e canta em bares e em eventos. "Desde nova eu canto e aprendi a tocar desde nova, olhando, tudo sozinha. A música entrou na minha vida desde que eu nasci", contou ela ao apresentador Tiago Leifert.

Em conversa com Leifert, Clara contou que o The Voice Brasil será uma oportunidade para ela desenvolver sua autoestima. "Eu quero acreditar mais em mim. Antes eu olhava e achava que todo mundo cantava melhor que eu. Hoje tento pensar que, se estou aqui, é porque sou boa. Então vamos lá!", completou.

  • Edyelle Brandão, 21 anos, de Valença
(Foto: Divulgação)

Natural de Valença, Edyelle soltou a voz com o single Who´s Loving You, da banda The Jackson 5, e encantou os jurados, virando todas as cadeiras e promovendo uma grande disputa entre eles nos palco da atração global.

Na hora da escolha, foi prática:

“Primeiro lugar, muito obrigada. Vocês não fazem ideia do quanto isso é importante para mim. Vou seguir meu coração: Iza”, optou. 

  • NoElle, 30 anos, de Salvador
(Foto: Divulgação)

Aos 30 anos, baiana mora na Argentina e deu o que falar cantando Born This Way, de Lady Gaga. NoElle virou a cadeira de Iza e reforçou o time da técnica estreante na terceira noite de Audições às Cegas. Além de cantar, ama cozinhar, comer e viajar.

Ela contou que seu estilo musical preferido é o Pop, já que ele permite permear pelo rock, axé e até sertanejo. A música que marcou sua vida, é Bad Romance, de Lady Gaga.

  • Samuel Marques, 21 anos, de Salvador
(Foto: Divulgação)

Levado pela mãe, o baiano de Salvador começou a cantar em um coral na igreja, aos 14 anos. Um ano depois, decidiu entrar em um curso técnico de canto popular onde estudou por quatro anos. Além dos shows que fazia para o curso, também passou a se apresentar em bares da cidade.

Hoje, Samuel é bolsista do Núcleo Estadual de Orquestra e Coros Infantis e Juvenis da Bahia e divide os ensaios com trabalhos como trancista. Com uma voz exótica - e cantando Feeling Good, de Nina Simone - ele garantiu vaga no time de Michel Teló.

  • Tamires Santana, 29 anos, Salvador
(Foto: Divulgação)

A participante cresceu em um ambiente musical: seu pai, Ozeas Santana, é saxofonista e seus tios também são músicos – um deles é fundador do Teatro Mágico. Desde pequena acompanhava o pai em shows em bares. Aos nove anos, gravou seu primeiro CD. Aos 11, começou a participar de concursos musicais em TVs locais e, três anos mais tarde, gravou seu segundo álbum.

Passou um período afastada da música devido ao falecimento de sua mãe, em 2005. Dez anos mais tarde, voltou a se apresentar em um bar onde canta até hoje. Com Minha Estranha Loucura, de Alcione, Tamires virou as cadeiras de Lulu Santos e Ivete Sangalo – que foi bloqueada por Lulu. Ela segue na disputa no time do cantor e compositor.

Globo/TV Bahia, terças e quintas, 22h20


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pai-e-preso-por-afogar-filho-de-2-anos-em-bacia-para-fazer-ex-sofrer/
Ele contou a amigo que foi traído pela mãe da criança e queria se vingar
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/black-alien-fala-sobre-novo-disco-estou-sendo-eu-mesmo/
Lançado em abril, Abaixo de Zero: Hello Hell é apresentado no Pelourinho neste sábado (21)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policia-procura-casal-que-roubou-r-400-mil-de-idosas-na-barra-veja-video/
Irmãs, vítimas têm 89 e 93 anos; homem e mulher entraram disfarçados em prédio
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/baiana-de-21-anos-e-a-primeira-brasileira-a-vencer-premio-da-onu-sobre-meio-ambiente/
Anna Luísa criou o Aqualuz, dispositivo que torna água potável através de raios solares
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/indicado-pelo-brasil-a-corrida-do-oscar-a-vida-invisivel-ganha-trailer-confira/
Dirigido pelo cineasta Karin Aïnouz, o filme estreia nacionalmente em 31 de outubro  
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ele-ameacava-minha-esposa-todos-os-dias-diz-marido-de-baleira-morta-pelo-irmao/
Baleira foi morta a tesouradas pelo irmão na última terça-feira (17)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policia-investiga-se-morte-de-empresaria-no-ce-foi-suicidio-ou-assassinato/
Ela discutia com o namorado no momento do disparo, que a atingiu no peito
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rambo-ate-o-fim-e-o-adeus-do-personagem-de-stallone/
Quinto filme marca a despedida do soldado que chegou às telas em 1982
Ler Mais