Seleção feminina é convocada para Torneio da França com novidades

esportes
18.02.2020, 15:48:00
Atualizado: 18.02.2020, 19:23:47
(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Seleção feminina é convocada para Torneio da França com novidades

Jucinara e Natascha são estreantes da lista, que tem as baianas Rafaelle e Formiga

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A seleção brasileira feminina de futebol está convocada para o seu primeiro compromisso do ano. Nesta terça-feira (18), a técnica Pia Sundhage anunciou a lista com as 24 jogadoras que disputarão o Torneio Internacional da França, entre os dias 2 e 11 de março. O Brasil enfrentará a Holanda, o Canadá e a anfitriã em competição preparatória para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

A relação de Pia inclui desde as veteranas Marta, Cristiane e Formiga até duas estreantes: a goleira Natasha (que tem dupla nacionalidade, suíça e brasileira, e fez toda formação na Europa) e a lateral esquerda Jucinara. A zagueira Rafaelle e a volante Formiga são as baianas entre as convocadas.

"Uma jogadora sozinha não faz a defesa. Pelos números que vimos aqui, é preciso um trabalho coletivo. Jucinara é canhota e já teve experiência na Seleção. Eu estou muito feliz com a convocação dela", falou Pia, em entrevista coletiva na sede da CBF.

A lista, aliás, teve dobrada a quantidade de atletas que atuam no Campeonato Brasileiro. Na data Fifa anterior, em novembro de 2019, eram cinco jogadoras; agora, são dez.

"Isso significa uma mudança. Nós tivemos diversas jogadoras na Europa e agora elas voltam para o Brasil. Todas as partidas são transmitidas atualmente, o que é muito importante para mim. Desta vez passei mais tempo visitando clubes do Brasil do que da Europa", comentou a técnica.

O Brasil nunca subiu ao lugar mais alto do pódio no futebol feminino dos Jogos Olímpicos, mas Pia acredita que o sonho pode ser realizado em Tóquio-2020. "Acho que todo time que vai para os Jogos Olímpicos vai para conquistar a medalha de ouro. Pelas jogadoras que nós temos, há chance de ganhar. Mas está tudo muito nivelado". As melhores campanhas nacionais terminaram com a prata em Atenas-2004 e em Pequim-2008.

No Torneio Internacional da França, o Brasil tem como primeira oponente a Holanda, atual vice-campeã mundial e 8ª colocada no ranking da Fifa. A partida será no dia 4 de março, uma quarta-feira, no Stade du Hainaut, em Valenciennes. Lá, a seleção nacional tem boas lembranças: ganhou da Itália por 1x0 e se classificou às oitavas de final da Copa do Mundo feminina de 2019.

A adversária seguinte será a anfitriã da competição, a França - que eliminou o Brasil no Mundial do ano passado, nas oitavas. A partida será no dia 7, um sábado, no mesmo local da estreia. Por fim, encerra o torneio contra o Canadá, no dia 10 (terça-feira), no Stade de L'Epopée, em Calais.

As atletas convocadas:

Goleiras
Aline - Tenerife (Espanha)
Bárbara - Avaí/Kindermann
Natascha - Paris FC (França)

Laterais
Letícia Santos - Frankfurt (Alemanha)
Tamires - Corinthians
Jucinara - Levante (Espanha)

Zagueiras
Bruna Benites - Internacional
Erika - Corinthians
Daiane - Tacón (Espanha)
Rafaelle - Changchun Dazhong (China)
Tayla - Santos

Meio-campistas
Thaisa - Tacón (Espanha)
Formiga - Paris Saint-Germain (França)
Luana - Paris Saint-Germain (França)
Andressinha - Corinthians
Andressa Alves - Roma (Itália)
Debinha - North Carolina Courage (Estados Unidos)
Aline Milene - Ferroviária
Duda - São Paulo

Atacantes
Cristiane - Santos
Ludmilla - Atlético de Madrid (Espanha)
Marta - Orlando Pride (Estados Unidos)
Geyse - Madrid (Espanha)
Bia Zaneratto - Palmeiras

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas