Sem acertar renovação, Léo Ceará pode deixar o Vitória

e.c. vitória
01.07.2020, 05:02:00
Léo Ceará pode ser negociado pelo rubro-negro (Letícia Martins/ EC Vitória/ Divulgação)

Sem acertar renovação, Léo Ceará pode deixar o Vitória

Empresário do atacante revela intenção de negociá-lo para o futebol do exterior

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Léo Ceará segue com futuro incerto no Vitória e, a partir desta quarta-feira (1º), está livre para defender outra camisa na próxima temporada. O contrato do atacante de 25 anos revelado nas categorias de base da Toca do Leão se encerra em dezembro e, por lei, qualquer atleta pode assinar um pré-contrato com outra equipe se estiver a seis meses ou menos do final do vínculo. Através da assessoria de comunicação, o Vitória informou que não está tratando por enquanto desse assunto. 

Segundo o empresário do jogador, Bruno Ferreira, a paralisação das atividades na Toca do Leão durante três meses em consequência da pandemia de coronavírus deixou a renovação do vínculo pendente. Ele conta que antes dos transtornos causados pela covid-19, o Vitória havia feito uma proposta, foi apresentada ao clube uma contraproposta e as partes não chegaram a um acordo. Na mesa, estavam a possibilidade de aumento salarial imediato, dois anos de contrato e, em caso de acesso à Série A, novo acréscimo no salário.

“Está tudo muito incerto. Ficou perto, mas ficamos de acertar depois da pandemia. Não tivemos outra reunião. A gente não pode dizer que não vai renovar, porque tudo depende da reunião que a gente for ter. Como o negócio está começando a voltar agora, nos próximos 15 dias devemos ter alguma reunião”, afirmou Bruno Ferreira. 

“Durante a pandemia não falamos nada, até porque a gente entende a situação financeira do clube. A gente não tem nem como discutir valores, então preferimos aguardar o retorno, os jogos, pra ver se entra alguma receita para o clube. Eu sou torcedor do Vitória. Não queremos apertar o Vitória, mas também não podemos prejudicar o atleta”, completou o representante.

Bruno Ferreira revela que a intenção é negociar Léo Ceará com o mercado internacional agora no meio do ano e que houve sondagens de clube dos Emirados Árabes e de Portugal. “O mercado internacional ainda está começando a se movimentar. Muitas janelas não abriram ainda. Estamos esperando abrir a janela. Não tem nada concreto. Não chegou nenhuma proposta oficial de nenhum clube, mas sim sondagens, dos Emirados Árabes e Portugal. Só empresários parceiros, diretores de clubes aqui do Brasil e do exterior, procurando saber os detalhes da negociação. Nós estamos falando que ninguém quer tirar o jogador por pré-contrato. A gente está batalhando para vender o jogador e o Vitória ganhar o dinheiro dele”.

Temporada 2020
Esse ano, Léo Ceará defendeu o Vitória em oito jogos, todos como titular. Foram três partidas pela Copa do Brasil e cinco pela Copa do Nordeste. O último dos três gols que marcou nesta temporada foi comemorado durante a goleada por 4x1 contra o River-PI, no dia 15 de março, pelo regional, no Barradão. No entanto, em janeiro, antes de se firmar no time, o centroavante chegou a ser rebaixado à equipe de aspirantes por não ter chegado a um acordo com o clube sobre a renovação contratual.

Na época, a diretoria rubro-negra adotou essa medida para pressionar o atacante na tentativa de evitar que ele saísse de graça no final do ano. O afastamento foi oficializado pelo Leão através de nota e impediu Léo Ceará de defender o Vitória no empate em 1x1 com o Sport, na Arena de Pernambuco, na segunda rodada do Nordestão. Uma semana depois, a diretoria mudou de ideia e o jogador foi reincorporado ao elenco principal. 

O empresário do atacante não teme nova retaliação. “Acho que o Vitória não faria uma sacanagem dessa, porque a gente está tentando vender o jogador. O atleta sai livre no final do ano. Eu acho que se o Vitória faz uma sacanagem dessa ele abre caminho para a gente assinar um pré-contrato também com alguém. No início do ano, a pressão foi grande, porque tinham muitas histórias de que Léo já estava sendo vendido. Chegaram algumas propostas, mas a gente não aceitou. Hoje, a situação é completamente diferente”, garantiu Bruno Ferreira.

Léo Ceará se apresentou na Toca do Leão junto com todo o elenco principal do Vitória no último dia 16, após a Prefeitura de Salvador autorizar o recomeço dos treinos de clubes de futebol profissional. Na terça (30), o grupo realizou o 12º dia de atividades com exercícios de finalização sob o comando do novo técnico Bruno Pivetti. A única baixa foi o zagueiro Carlos, 19 anos, que lesionou o ligamento lateral do joelho esquerdo e passará por cirurgia nessa quarta. A previsão de retorno é de aproximadamente dois meses.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas