"Sem Descanso', retrato da violência policial, é atração do Canal Brasil

entretenimento
20.04.2021, 10:00:00

"Sem Descanso', retrato da violência policial, é atração do Canal Brasil

Filme de Bernard Attal analisa racismo e violência a partir do caso Geovane

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Canal Brasil exibe hoje o documentário Sem Descanso, dirigido pelo cineasta francês radicado na Bahia Bernard Attal. O longa-metragem resgata a história de Geovane Mascarenhas, jovem negro que morreu em 2014 após ser parado numa blitz da PM em Salvador. O caso foi tema de uma reportagem exclusiva do CORREIO, realizada pelo repórter Bruno Wendel.

Depois de recorrer inúmeras vezes sem sucesso a autoridades para que encontrassem seu filho, Jurandy Santana resolveu denunciar o desaparecimento ao CORREIO. Quando o caso tornou-se público, as autoridades se mobilizaram e o corpo de Geovane foi encontrado esquartejado e sete policiais foram indiciados. 

Bernard Attal interessou-se pela história porque se indignou com a ação violenta da PM e com a pouca atenção que a sociedade dava ao caso. Na busca pelo filho, Jurandy chegou a ouvir de alguém que lhe atendeu a seguinte barbaridade: “Quando você vir um bocado de urubu rodando no céu, pode ir lá, que é onde tá o corpo de seu filho”, conforme ele próprio diz no documentário.

Nas mãos de outro diretor, poderia  cair na pieguice ou na exploração de um drama pessoal. Mas não é isso que acontece: Bernard, embora entreviste o pai, o avô, a avó e a namorada de Geovane, jamais apela para a emoção fácil.

A partir de um drama pessoal, Bernard realiza uma investigação sociológica da violência policial no Brasil, entrevistando historiadores, cientistas sociais e ativistas que fazem uma análise precisa das raízes dessa violência. canal brasil, hoje, às 18h. Reprises: Segunda-feira (26), 11h40 e quarta-feira (28), 15h15

Roberto Midlej
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas