Sem Ibra, Milan sua para bater rival norueguês na Liga Europa

esportes
24.09.2020, 19:41:00
Atualizado: 24.09.2020, 19:41:49
Colombo marcou o gol da virada do Milan, ainda no primeiro tempo (Foto: AC Milan/Divulgação)

Sem Ibra, Milan sua para bater rival norueguês na Liga Europa

Sem o centroavante, clube italiano venceu Bodo/Glimt por 3x2

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Milan sentiu muito a falta de Zlatan Ibrahimovic, testado positivo para covid-19, e precisou suar muito para derrotar o Bodo/Glimt, da Noruega, por 3x2, nesta quinta-feira (24), pela Liga Europa, no estádio San Siro, em Milão. O próximo adversário dos italianos antes da fase de grupos será o português Rio Ave.

Os noruegueses saíram na frente logo aos 15 minutos, após rápida jogada pelo lado esquerdo, que Junker completou. A reação milanesa foi imediata. Aos 16, Çalhanoglu acertou lindo chute de fora da área e empatou. A virada veio ainda no primeiro tempo. Aos 32, Colombo só teve o trabalho de empurrar a bola para o gol, após jogada de todo o ataque.

O segundo tempo foi bastante disputado. Aos 5 minutos, Çalhanoglu pegou de primeira, após escanteio cobrado pela direita e fez 3x1. O Bodo/Glimt não se abateu e partiu para o ataque e Hauge, com um belo disparo da entrada da área, diminuiou para os visitantes. A partir daí, os times criaram muitas chances, mas não conseguiram mexer mais no placar.

Na Macedônia do Norte, o Tottenham, do técnico português José Mourinho, teve menos trabalho para vencer o Shkendija por 3x1. Em ritmo de treino, Lamela fez o primeiro gol do jogo, aos cinco minutos.

O time inglês cansou de perder gols na primeira etapa e viu Nafiu acertar uma bomba de fora da área para empatar, aos dez da etapa final. A partir daí, o Tottenham aumentou o ritmo, mas só conseguiu o segundo gol com o coreano Son, aos 25 minutos, após rebote do goleiro. Kane, de cabeça, fechou o placar.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas