Sem Neymar, Mbappé faz dois e dá assistência em goleada do PSG

esportes
29.02.2020, 16:59:00
Mbappé tira do goleiro e faz o segundo gol do PSG (Franck Fife / AFP)

Sem Neymar, Mbappé faz dois e dá assistência em goleada do PSG

Veja os gols sobre o Dijon pelo Francês

Sem Neymar, suspenso, o Paris Saint-Germain contou com o brilho de Mbappé para golear neste sábado o Dijon por 4 a 0, em casa, no Parque dos Príncipes. O atacante francês foi o grande destaque, liderando a equipe no triunfo, com dois gols e uma assistência.

Como tem acontecido nas últimas temporadas, o Paris Saint-Germain lidera o Campeonato Francês com folga. Soma 68 pontos, 13 a mais que o vice-líder Olympique de Marselha, que também venceu nesta 27ª rodada. O Dijon é o 17º e está colado na zona de rebaixamento.



Neymar não jogou porque cumpriu suspensão em razão da expulsão na partida anterior diante do Bordeaux. Thiago Silva, lesionado, também foi desfalque. Di Maria foi substituído no começo do jogo, sentido dores na coxa.

O grande protagonista foi novamente Mbappé. O francês, amado pela torcida, chegou à marca de 18 gols, com os dois marcados neste sábado, e se isolou na artilharia. O meia espanhol Sarabia marcou após assistência de Marquinhos, e Icardi também deixou a sua marca.

O atacante argentino, aliás, a julgar pelo desempenho, levou a melhor na disputa por posição com Cavani, já que, saindo do banco de reservas, aproveitou a primeira chance que teve. Escalado como titular, o uruguaio, por sua vez, perdeu dois gols incríveis. Eles brigam por uma vaga no comando de ataque para o jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões contra o Borussia Dortmund, da Alemanha.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas