Sem Neymar, PSG atropela o Dijon e vai à semi da Copa da França

esportes
12.02.2020, 16:48:55
Atualizado: 12.02.2020, 16:55:54
(Foto: Jeff Pachoud/AFP)

Sem Neymar, PSG atropela o Dijon e vai à semi da Copa da França

Vitória, fora de casa, foi com facilidade: 6x1 em cima do rival

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Paris Saint-Germain está na semifinal da Copa da França. Mesmo sem contar com o brasileiro Neymar, que foi poupado pelo técnico Thomas Tuchel para ficar 100% recuperado de um problema na costela, o PSG superou o Dijon com facilidade, por 6x1, fora de casa, no Gaston Gérard, e se classificou.

A equipe da capital francesa abriu o placar logo no primeiro ataque. O holandês Mitchel Bakker fez jogada pelo lado esquerdo e cruzou rasteiro. A bola era para Cavani na pequena área, mas Wesley Lautoa tentou cortar e colocou para dentro do próprio gol.

O Dijon ainda esboçou uma reação. Aos 12 minutos, Ander Herrera perdeu jogada no meio de campo e o atacante Mounir Chouiar avançou sem contestação até finalizar colocado da entrada da área, sem chance para Keylor Navas.

Depois disso só deu PSG. Foram 66% de posse de bola no jogo, com um domínio total. Ainda no primeiro tempo, aos 43 minutos, Mbappé fez o segundo. O alemão Draxler roubou bola na intermediária ofensiva e tocou para o atacante francês, que avançou e finalizou cruzado, no canto.

No começo da etapa final, aos 4 minutos, após cobrança de escanteio, o brasileiro Thiago Silva se movimentou bem na área e ficou livre para marcar o terceiro de cabeça. Aos 10, o espanhol Sarabia aproveitou rebote do goleiro Rúnar Alex Rúnarsson em finalização de Mbappé para anotar o quarto.

A goleada estava desenhada. Apesar de diminuir o ritmo, o PSG ainda marcou mais duas vezes nos minutos finais. Aos 40, Mbappé recebeu na área pelo lado esquerdo e, ao tentar encontrar Cavani com uma cavadinha, contou com um desvio na defesa para marcar. O sexto saiu aos 45, novamente com Sarabia, em passe de Mbappé.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas