Sem Rossi, Bahia pode ter novidades contra o Sport; veja opções

e.c. bahia
19.03.2021, 05:00:00
Dado Cavalcanti vai ter que quebrar a cabeça para definir o substituto de Rossi (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Sem Rossi, Bahia pode ter novidades contra o Sport; veja opções

Atacante foi expulso no Ba-Vi e desfalca tricolor no duelo com os pernambucanos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O início de temporada do Bahia tem sido de ajustes. Apesar de ter mantido a base de 2020, o técnico Dado Cavalcanti não esconde que tem buscado maior equilíbrio entre defesa e ataque. 

O elenco pequeno tem dificultado a vida do treinador, e nos últimos dias ele ganhou mais uma dor de cabeça. Dado não conta com o atacante Rossi contra o Sport, amanhã, às 16h, em Pituaçu, pela Copa do Nordeste.

Um dos destaques do Bahia nos últimos jogos, o jogador recebeu o cartão vermelho por reclamação durante a derrota no Ba-Vi de sábado. 

Sem ele, são poucas as opções para o setor. Por isso, é preciso observar os cenários para entender o que o tricolor pode apresentar.

Se Dado optar por um outro ponta, Thiago, Alesson e Marco Antônio aparecem como as soluções disponíveis. Uma outra opção seria avançar o meia Rodriguinho para mais próximo de Gilberto e Gabriel Novaes. Foi dessa forma que o meia rendeu bem na reta final do Brasileirão. 

Nesse segundo cenário, a disputa por uma vaga no time titular sairia do ataque para o meio-campo. Atualmente, apenas o garoto Patrick tem cadeira cativa no setor. Tanto que nos três jogos que a equipe principal fez na temporada, o técnico ainda não repetiu a formação dos meias. 

No empate por 1x1 com o Botafogo-PB, Daniel e Ramon estiveram ao lado de Patrick. Já na goleada por 7x1 sobre o Campinense, na Copa do Brasil, Ramon perdeu a vaga entre os titulares e viu Rodriguinho ocupar o setor. Dado voltou a mudar na derrota para o Vitória e surpreendeu ao escalar o lateral João Pedro no lugar de Daniel. 

“Ainda estou buscando o equilíbrio na nossa equipe. Quando somos muito ofensivos, somos complacentes na marcação, deixamos espaços no meio. Quando somos fortes na marcação, tem mais força de defesa, perdemos poderio ofensivo. Preciso ainda achar essa dosagem para o time ser mais efetivo com o elenco que temos hoje”, explicou o treinador no Barradão, após tomar 1x0.

Na linha das mudanças, novas caras podem aparecer diante do Sport. Contratado do Vila Nova, o volante Pablo estreou pelo time de transição no 0x0 com o Vitória, pelo Baianão, e deixou boa impressão.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas