Semifinal da Copa do Mundo feminina terá arbitragem brasileira

esportes
01.07.2019, 08:27:00
Atualizado: 01.07.2019, 16:47:36
A árbitra Edina Batista vai apitar a semifinal entre Inglaterra e Estados Unidos pela Copa do Mundo de futebol feminino (Divulgação CBF)

Semifinal da Copa do Mundo feminina terá arbitragem brasileira

Paranaense Edina Batista vai apitar EUA x Ingalterra; Neuza Inês Back e Tatiana Sacilotti serão as assistentes

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um trio de arbitragem brasileiro comandará a semifinal do Mundial de Futebol Feminino entre Inglaterra e Estados Unidos, que acontece na terça-feira (2), às 16h (de Brasília), em Lyon, na França. A árbitra Edina Batista e as assistentes Neuza Inês Back e Tatiana Sacilotti, que pertencem aos quadros da Federação Paulista de Futebol (FPF), foram escolhidas pela Fifa, de acordo com nota divulgada no site da entidade.

Edina é paranaense, tem 39 anos e chegou a apitar o jogo entre CSA e Goiás, em Maceió, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro deste ano, auxiliada pela própria bandeirinha Neuza Inês Back, de 34. Ambas já tinham se integrado à mentora paulista no início deste ano, juntando-se a Tatiana Sacilotti, de 33, que já trabalhava em campeonatos organizados pela entidade.

Antes de trabalhar no confronto que define o primeiro finalista do torneio, o trio já havia atuado, com certa discrição, nas partidas Nova Zelândia 0x1 Holanda e China 0x0 Espanha, ambas pela fase de grupos; e Itália 2 x 0 China, válida pelas oitavas de final do Mundial.

A outra seleção que vai à finalíssima do evento sediado na França, marcada para o próximo domingo (7), sai da partida entre Holanda e Suécia, que acontece também em Lyon, mas na quarta-feira (3), também às 16h.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas