Série idealizada por OSGEMEOS discute origem do hip hop

entretenimento
10.06.2021, 16:40:00
Atualizado: 10.06.2021, 16:44:43
Primeiro episódio, de um total de quatro, será disponibilizado hoje (divulgação)

Série idealizada por OSGEMEOS discute origem do hip hop

Pinacoteca de SP lança primeiro episódio no YouTube, a partir das 20h, nesta quinta (10), confira a arte da dupla

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Pinacoteca de São Paulo lança nesta quinta-feira (10) a série documental Segredos. A produção, que foi idealizada pelos artistas OSGEMEOS, Gustavo e Otávio Pandolfo, fala, entre outras coisas, sobre a "origem e a essência" do hip hop paulista.

O primeiro episódio, de um total de quatro, será disponibilizado hoje, a partir das 20h, no canal do YouTube do museu da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. A série amplia a lista de experiências propostas pela exposição OSGEMEOS: Segredos, que segue em cartaz até o dia 9 de agosto de 2021. A cada quinta sai um episódio inédito.

"Gustavo e Otávio cresceram no Cambuci, na região central de São Paulo, e foram envolvidos pela cena hip hop local no início dos anos 1980, quando começaram a dançar break e a grafitar. Desde criança eram frequentadores do Largo São Bento, berço da difusão do movimento hip hop pelo país, e desdobraram essas influências em múltiplas linguagens artísticas que podem ser vistas na ampla exposição", conta Jochen Volz, diretor-geral da Pina. 

Os quatro episódios foram gravados a partir das perspectivas e trajetórias dos próprios artistas. Considerando o contexto em que eles cresceram, a produção mostra, de forma didática, como o movimento se transformou em uma das principais manifestações culturais do Brasil. 

Considerados entre os maiores do mundo OSGEMEOS possuem trabalhos em diversos lugares. Confira algumas dessas obras:


 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas