Sete estádios brasileiros querem receber final da Libertadores

esportes
29.08.2019, 19:28:00
Atualizado: 29.08.2019, 19:28:35
Mané Garrincha é um dos candidatos a sediar final da Libertadores em 2020 (Foto: Divulgação/Portal da Copa)

Sete estádios brasileiros querem receber final da Libertadores

Brasil é o recordista de candidaturas; Argentina e Peru também disputam

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Libertadores deste ano está próxima de entrar em sua fase semifinal. Flamengo, Grêmio e Boca Juniors já estão garantidos na penúltima etapa da competição mais importante das Américas, restando a apenas a definição do confronto entre Cerro Porteño e River Plate para fechar o adversário do Boca. Ou seja: Argentina, Brasil e Paraguai ainda estão no páreo.

Contudo, brasileiros e argentinos também estão de olho na próxima edição da Copa. Junto aos peruanos, formam a trinca de nações candidatas a sediar a final do próximo torneio. A partir deste ano de 2019, a decisão é resolvida em jogo único. Nesta temporada, a final será noEstádio Nacional de Santiago, capital do Chile.

O Brasil é o recordista de candidaturas. Ao todo, são sete estádios no páreo: Maracanã, Morumbi, Beira-Rio, Mineirão, Mané Garrincha, Itaquerão e Arena do Grêmio. Lima, no Peru, e as cidades argentinas de La Plata e Córdoba fecham a lista de elegíveis.

A Conmebol se reuniu nesta semana com representantes dos dez estádios e deixou uma espécie de exercício de casa para todos: até a próxima quinta-feira (5), os candidatos precisam responder um caderno de encargos. Esse documento, de 48 páginas, cobra que os organizadores apresentem garantias para a realização do jogo junto a órgãos públicos locais.

O resultado do "processo seletivo" será divulgado no próximo mês de setembro. Todos os cadernos de encargos serão avaliados pela Conmebol, que vai preparar um relatório final com o vencedor.

As cidades brasileiras têm preferência para conseguir sediar a final. Isso porque a maioria dos estádios passou por reformas ou foram inaugurados para a Copa do Mundo de 2014. A única exceção é o Morumbi. 

Confira lista de candidatos:
Maracanã - Rio de Janeiro

Capacidade: 78.838
Inauguração: 1950 | Reinauguração: 2013

Mineirão: Belo Horizonte
Capacidade: 58 mil
Inauguração: 1965 | Reinauguração: 2012

Morumbi - São Paulo
Capacidade: 67 mil
Inauguração: 1960

Arena Corinthians - São Paulo
Capacidade: 48 mil
Inauguração: 2014

Beira-Rio - Porto Alegre
Capacidade: 50 mil
Inauguração: 1969 | Reinauguração: 2014

Arena Grêmio - Porto Alegre
Capacidade: 55.662
Inauguração: 2012

Mané Garrincha - Brasília
Capacidade: 69.349 
Inauguração: 1974 | Reinauguração: 2013

Estádio Nacional - Lima (Peru)
Capacidade: 43 mil
Inauguração: 1952

Mario Kempes - Córdoba (Argentina)
Capacidade: 57 mil
Inauguração: 1976

Estádio Único - La Plata (Argentina)
Capacidade: 53 mil
Inauguração: 2011

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas