Setores público e privado da Bahia participam de evento sobre desenvolvimento social

salvador
24.11.2021, 18:29:00
Atualizado: 24.11.2021, 18:46:23
(Junior Gois/Divulgação)

Setores público e privado da Bahia participam de evento sobre desenvolvimento social

‘BA Avança Experience’ promoveu visita a polos de inovação e sustentabilidade de Salvador

Sabe o que significa ser ESG para o mundo dos negócios? Em inglês, Environmental, Social and corporate Governance (ESG). Em bom português, significa ser uma empresa com ótimas práticas ambientais, sociais e de governança. Uma forma de trabalho diferente que teve a sua essência e o seus resultados demonstrados para empresários baianos e autoridades do setor público no evento 'BA Avança Experience', nesta quarta-feira (24). 

Uma verdadeira tour apresentada pela Amcham Salvador, em parceria com a Prefeitura Municipal de Salvador, e elaborado para desenvolver nos empresários do estado um olhar socioeconômico. No passeio, que contou com a presença da vice-prefeita Ana Paula Matos, os participantes fizeram um roteiro por armazéns de alimentos nos bairros de Pau da Lima e Vila Barro Branco.

(Junior Gois/Divulgação)
(Junior Gois/Divulgação)
(Junior Gois/Divulgação)
(Junior Gois/Divulgação)
(Junior Gois/Divulgação)

Experiência que, para Iara Schimmelpfeng, diretora de operações e suprimento da Petrobahia, foi fundamental. "É muito interessante poder ver ações desenvolvidas na cidade que, às vezes, a gente nem sabia. Por mais que tivesse uma publicidade aqui e ali, nunca fomos visitar. Essa conexão com inovação é algo muito importante", diz.

Milena Oliveira, vice-presidente de marketing e relacionamento da Rede UniFTC, concordou com Iara e ressaltou o valor do diálogo entre gestão municipal e empresários.

"A integração entre os setores público e privado, além do Sebrae, que está no caminho, permite estabelecer parcerias que são o caminho para o desenvolvimento social. Sem dúvidas, é importante ver que é possível e o potencial que temos para isso", destaca.

A avaliação positiva do evento não foi feita apenas pelo empresariado. Autoridades do setor público também gostaram da integração, como conta Ivan Paiva, diretor de Resiliência da Secretaria de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência de Salvador (Secis).

"Empresários de várias áreas viram de perto os nossos projetos na área inovação que são feitos com negócios de impacto social e também o nosso equipamento daqui do COLABORE, que é feito de contêineres reaproveitados e todos os sistemas de tecnologia sustentáveis aqui implantados que são um exemplo", fala Paiva 

Outra que celebrou a oportunidade de estar em contato com os empresários foi Sandra Paranhos, diretora geral da ONG Parque Social, que quis apresentar algo específico na tour:

“Uma possibilidade de que Salvador seja realmente a cidade do futuro, onde existem vários projetos para que a nossa sociedade se torne resiliente e, para o seu povo, o melhor que pode existir em trabalhos sociais, que é nosso foco. Tudo isso para disponibilizar o que as comunidades mais carentes precisam através dos nossos projetos desenvolvidos aqui", conta. 

Lilian Martins, líder regional da Amcham, afirma que o evento foi uma grande oportunidade para o empresariado vivenciar a experiência do ESG. “Além da troca entre os participantes, viver a experiência de conhecer projetos sociais tão importantes in loco faz com que empresa e sociedade possam caminhar juntos, com um olhar do futuro que já é presente ”, conclui Lilian.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas