Seu corpo é perfeito: uma entrevista com Pedro Hijo

entretenimento
06.12.2017, 18:55:34
Atualizado: 06.12.2017, 21:38:32
O jornalista Pedro Hijo fala sobre vida sudável e autoestima (Reprodução)

Seu corpo é perfeito: uma entrevista com Pedro Hijo

Um papo sobre vida saudável e autoestima de forma leve e descomplicada

Todo ano é a mesma equação: verão + corpo escultural = felicidade. A busca pelo corpo “perfeito” criou ditaduras da magreza para as mulheres e do músculo definido para os homens, atribuindo a esses corpos os status de sucesso, disciplina e realização. O que para alguns soa como natural e prazeroso, para outros chega com grande carga de sofrimento e pressão. Entender beleza a partir da ideia de “corpo perfeito” é, além de cruel, um grande risco para a saúde daqueles que não se encaixam nesse estereótipo, aumentando consideravelmente o risco no desenvolvimento de doenças como depressão, anorexia e bulimia.

Para conversar sobre esse assunto, o Sou Verão - projeto do Correio com apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador e apoio do Sabin e Vitalmed, convidou o jornalista Pedro Hijo – criador do site que leva o seu nome e dá dicas sobre como ter uma vida saudável de forma leve, descomplicada e sem preocupação com os números da balança.


- De onde veio a inspiração para a criação da sua página na internet?

Pedro Hijo - O que me inspirou para criar o blog foi a falta de uma página online que tratasse sobre vida saudável de uma forma honesta e aberta. Tudo o que eu via eram blogueiros com corpos esculturais que propagavam dietas milagrosas ou conceitos muito discutíveis, como o de que é preciso ter um corpo em um determinado formato para ser feliz. Em algum nível, todos sofrem com a pressão para se encaixar em padrões e eu não queria ser mais um na internet a propagar esses ideais. Resolvi mostrar que é possível ter uma vida tranquila e saudável sem ter que abrir mão da pizza e sem ter que necessariamente se preocupar com os números da balança. O blog reúne dicas, receitas, mas, especialmente, é um ponto de debate sobre como a gente pode levar a vida de um jeito mais leve.

- Como as diversas pessoas reagem à chegada do Verão?

Pedro Hijo - No geral, é muito comum que a preocupação com a forma física aumente com a aproximação do verão. Nós somos bombardeados com imagens de pessoas atléticas e muito felizes todos os dias nas redes sociais e televisão, especialmente nesta época do ano. É natural que as pessoas associem a ideia de que é preciso ter um corpo escultural para serem felizes e, portanto, queiram atingir esse ideal de corpo para se sentirem mais seguras. O que eu proponho por meio do blog é que a gente reflita sobre o porquê que desejamos ter o corpo de outra pessoa e quantas coisas deixamos de fazer até que a gente atinja esse modelo. É preciso que entendamos de onde vem esse desejo e que, a partir daí, a gente avalie se essa busca é saudável e combina com o nosso estilo de vida.

- Ser feliz no verão é...

Pedro Hijo - É entender que o verão (e qualquer outra estação) é para ser desfrutado por todos e por qualquer tipo de corpo. 

- Alguma mensagem para o leitor do Correio.

Pedro Hijo - O seu corpo é um instrumento incrível e ele precisa estar saudável para te levar a conquistar o que você desejar. Você não precisa cortar o happy hour, ou o chocolate e não precisa se forçar por horas na academia. Faça aquilo que te anima, desafie-se a experimentar gostos e atividades. Você não precisa ter o formato do corpo da atriz da novela ou do blogueiro do Instagram, seu corpo já é perfeito.


Sobre o Sou Verão

Esportes, música e diversão estão entre as ações propostas pelo projeto Sou Verão. Com atividades esportivas programadas para acontecer em 8 edições - sendo quatro na Ribeira, nos dias 2 (último sábado) e 9 de dezembro e nos dias 6 e 20 de janeiro, e quatro na Barra, dias 16 e 23 de dezembro e 13 e 27 de janeiro - as práticas incluem stand up paddle, caiaque, patins, longboard e frescobol, e serão oferecidas por instrutores que atenderão ao público de forma gratuita com inscrições feitas na hora e no local.

Além do esporte, o projeto conta ainda com o Palco Movimento, levando para as ruas o aulão da FitDance, aulas de ioga, zumba, Mahamudra e alongamento, além de coleta de lixo na areia e no mar, e bate-papos com personalidades convidadas pela editoria de Esporte do Correio, sempre das 8h às 12h.

Quando o assunto é música, o shows ocorrerão a partir da última semana de dezembro, com apresentações gratuitas dos artistas e bandas Maglore (23 de dezembro), Pedro Pondé  (6 de janeiro) Larissa Luz e Ministereo Público (13 de janeiro) e Àttooxxá (20 de janeiro). As apresentações estão marcadas para as 19h, no Largo da Mariquita – Rio Vermelho