Simone Biles não se arrepende da Olimpíada: 'Não mudaria nada'

esportes
19.08.2021, 19:59:00
Atualizado: 20.08.2021, 13:32:58
Simone Biles desistiu de cinco finais em Tóquio (Loic Venance/AFP)

Simone Biles não se arrepende da Olimpíada: 'Não mudaria nada'

Estrela da ginástica artística acredita que as desistências foram um "pequeno preço a pagar" para mostrar a importância da saúde mental

Antes da Olimpíada de Tóquio começar, Simone Biles era apontada como a maior estrela, e era considerada a favorita para levar o maior número de medalhas. Mas não foi isso que aconteceu. A estrela da ginástica artística abriu mão de algumas provas, priorizando sua saúde mental. E não se arrepende disso.

"Não mudaria nada [se disputasse]. É um pequeno preço a pagar, tudo bem que tudo não esteja bem, não importa quão forte sejam os holofotes", disse.

A americana desistiu de participar de cinco das seis finais no Japão por causa dos 'twisties', uma espécie de bloqueio mental que causa a perda momentânea da noção espacial. Para Simone, a decisão foi importante para que outros esportistas se sintam à vontade para falar do assunto.

"Eu dei uma brecha para que os atletas falassem sobre saúde mental e sobre seu bem-estar e compreender que você pode se colocar em primeiro lugar, antes do atleta (...) Queríamos tornar (o gesto) o mais identificável possível e fazer com que as crianças saibam que estamos passando por essas coisas", afirmou Simone, que conquistou duas medalhas em Tóquio - prata pela final de equipes e bronze no individual da trave.

A mensagem de Simone fará parte do Gold Over America Tour pós-Olimpíada, que terá a ginasta como atração principal neste outono. A exposição acontecerá em 35 cidades e começará em Tucson, Arizona, no dia 21 de setembro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas