Site reúne informações sobre filmes produzidos no Recôncavo

entretenimento
21.06.2021, 05:50:00
A cidade de São Félix, no belo registro do fotógrafo  Carlos Ortalad  (Foto: Carlos Ortalad/divulgação)

Site reúne informações sobre filmes produzidos no Recôncavo

Cartografia do Cinema no Recôncavo vai promover o acesso a produções pouco divulgadas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

As paisagens e tradições do Recôncavo baiano já inspiraram muitas produções audiovisuais. Mais especificamene 130 curtas e longas-metragens, que agora ganham abrigo no site Cartografia do Cinema no Recôncavo, lançado no domingo (19), no Dia Nacional do Cinema.  

Criado e organizado pelo curador e pesquisador Iago Cordeiro Ribeiro, a plataforma  reúne informações sobre as produções - que em breve poderão ser vistas gratuitamente no site. “Estamos trabalhando com imagens que são ricas fontes históricas para diversas áreas do conhecimento”, afirma Iago, que teve a ideia de criar o projeto quando obteve contato com outras iniciativas de preservação à memória do cinema do recôncavo. 

“Estamos disponibilizando filmes feitos no Recôncavo, muitos indisponíveis online até então. A ideia de disponibilizar eles é levantar um debate sobre a preservação da história do cinema”, diz a produtora geral e executiva do projeto, Camila Gregório. 

Alguns dos registros mais antigos, que datam da década de 1920, abordam a região pelo prisma de uma viagem por um “Brasil pitoresco”, como é o caso da película dirigida pelo jornalista, escritor e folclorista brasileiro Cornélio Pires. A pesquisa que deu origem à plataforma também chega a momentos em que o recôncavo foi palco de histórias fictícias, como em Jubiabá (1987), dirigida por Nelson Pereira dos Santos, inspirada pelo romance de Jorge Amado, com locações em Cachoeira e São Félix.  www.cartografiadocinemanoreconcavo.com.


 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
  • Assinaturas: 71 3480-9140
  • Anuncie: 71 3203-1812
  • Ache Aqui Classificados: 71 3480-9130
  • Redação: 71 3203-1048