Sofre com o alcoolismo? Veja onde encontrar ajuda gratuita em Salvador

salvador
18.02.2022, 05:30:00
Centro de Acolhimento e Tratamento de Alcoolistas (Cata) das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) é referência no estado no atendimento a pacientes (Marina Silva/CORREIO)

Sofre com o alcoolismo? Veja onde encontrar ajuda gratuita em Salvador

Casos da doença aumentaram durante a pandemia

Com o aumento de casos de alcoolismo durante a pandemia, o CORREIO separou uma lista de onde você pode encontrar ajuda para superar a doença:

Centro de Acolhimento e Tratamento de Alcoolistas (CATA) – Para ter acesso ao serviço basta comparecer ao núcleo de segunda a quinta-feira, a partir das 7h. O atendimento é por ordem de chegada. A unidade fica na Avenida Bonfim (Largo de Roma). Os interessados devem apresentar documento de identidade com foto e cartão do SUS.

CONHEÇA O CORREIO AFRO

Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Outras Drogas (Caps AD) Espinheira - Rua Velha de Campinas, 61, - Pirajá. Funciona de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h. É preciso apresentar documento de identidade e cartão SUS.

Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Outras Drogas (Caps AD) Pernambués - Rua Conde Pereira Carneiro, 137, - Pernambués. Funciona de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h. É preciso apresentar documento de identidade e cartão SUS.

Sinais que merecem atenção:

Alteração do humor, irritabilidade e esquecimento provocados pela bebida;
Diabetes, hipertensão e impotência sexual agravados pela doença;
Vontade muito intensa pela substância ou efeito esperado;
Dificuldades em controlar ou interromper o uso;
Abandono de outras atividades cotidianas ou de lazer em função deste consumo;
Presença da chamada síndrome de abstinência, como tremedeiras e alucinações;

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas