Taxista é morto a tiros no Campo Grande

salvador
20.08.2019, 19:40:00
Atualizado: 20.08.2019, 21:12:37
Populares cercam corpo de taxista no Campo Grande (Marina Hortélio)

Taxista é morto a tiros no Campo Grande

Crime aconteceu depois de briga em frente ao ponto de táxi próximo ao Teatro Castro Alves

Um taxista identificado como Alexandro Rocha Souza, 42 anos, foi morto a tiros por volta das 17h50 da tarde desta terça-feira (20), em frente ao Teatro Castro Alves (TCA), no Campo Grande. A suspeita inicial é de que ele foi morto pelo permissionário dono do carro que ele dirigia.

Os dois tiveram uma briga. O atirador então disparou, atingido o taxista quatro vezes. Segundo testemunhas, o suspeito fugiu de carro, seguindo no sentido na Avenida Sete. O suspeito também rodava como taxista e ficava no ponto próximo ao TCA, segundo taxistas da região. Hoje, a vítima o procurou no local do crime para falar sobre a dívida e foi quando eles se desentenderam. 

"Depois que surgiu o aplicativo em Salvador ficou complicado para o auxiliar conseguir arcar com as despesas semanais para o permissionário. Eles pagam R$ 350 toda segunda ao permissionário para usar o carro. O que aconteceu foi cobrança. O permissionário cobrando o auxiliar pelo atraso. No debate, aconteceu essa tragédia", diz o taxista Valdo Cruz.

Alexandro foi baleado e morreu no local (Foto: Marina Hortérlio/CORREIO)

"O cara estava aqui e o outro chegou cobrando alguma dívida. O que morreu rodava o táxi do que matou, que se chama Washington. Ele trabalhava para o permissionário e tinha uma dívida. Aqui no local, a ex da vítima ligou, mas ela disse que não havia dívida", diz a delegada Jussara Andrade, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP),ressaltando que estas são informações ainda preliminares obtidas no local.

Depois da morte, taxistas protestaram fechando a via principal pedindo por segurança. A manifestação durou cerca de meia hora. 

Uma equipe do 18º Batalhão da Polícia Militar (BPM) esteve no local para preservar a cena até a chegada do Departamento de Polícia Técnica (DPT), que fez a perícia. Um módulo policial próximo estava com dois PMs no momento do crime. Eles escutaram os disparos e correram atrás do suspeito, mas como estavam a pé não o alcançaram. Ele fugiu em um táxi Voyage.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/medo-de-ter-contato-novamente-diz-professora-intoxicada-por-oleo-em-itapua/
Tailane diz que também abrirá mão de caminhadas na areia da praia
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/corpo-da-modelo-que-caiu-de-jet-ski-em-barragem-na-bahia-e-encontrado/
Natural de Jacobina, jovem havia desaparecido em Ponto Novo no último sábado 
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/projeto-comprova-faz-aulao-sobre-como-verificar-conteudos-falsos-nas-redes-assista/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/modelo-de-18-anos-desaparece-apos-cair-de-jet-ski-em-barragem-na-bahia/
Buscas continuam em Ponto Novo; jovem é natural de Jacobina
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/astros-das-series-la-casa-de-papel-e-esquadrao-6-vem-ao-brasil/
Netflix confirmou presença dos artistas em paineis na CCXP 2019, no dia 8 de dezembro em São Paulo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/descarte-de-500-kg-de-petroleo-cru-em-area-ambiental-de-marau-e-investigado/
Prefeitura nega responsabilidade e diz que investiga culpados
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gilberto-grava-video-com-pedido-de-desculpas-a-torcida-do-bahia/
Atacante causou polêmica após derrota por 3x1 para o Flamengo; veja aqui
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mp-denuncia-policiais-por-abuso-contra-cliente-agredido-na-caixa/
Militares deram 'mata-leão' no empresário Crispim Terral na frente da filha de 15 anos
Ler Mais