TCA realiza minicursos de iniciação à música sinfônica 

entretenimento
05.01.2021, 05:25:00

TCA realiza minicursos de iniciação à música sinfônica 

Aulas abertas ao público começam nesta quarta-feira (6)

Os cursos de iniciação ao universo da música sinfônica do Teatro Castro Alves (TCA), que foram transferidos para o ambiente digital em 2020, estão de volta em versão pocket. Depois de três edições com 735 pessoas de várias cidades da Bahia e do Brasil, o espaço realiza minicursos sobre a linguagem musical da orquestra sinfônica e os grandes compositores da música clássica.

As aulas abertas ao público acontecem nos dias 6, 7 e 8 de janeiro, pela plataforma Zoom Meeting. Três turmas com carga horária total de quatro horas e meia serão oferecidas nestas datas: “Música barroca: compositoras e compositores”, com Karina Seixas, das 10h às 11h30; “Falando de flauta doce”, com Uibitu Smetak, também das 10h às 11h30; e “A linguagem musical da orquestra sinfônica”, com Alexandre Loureiro, das 16h às 17h30.

Os três professores são músicos vinculados à Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA). Os links para participar dos minicursos estão disponíveis no site do TCA (www.tca.ba.gov.br).

MÚSICA BARROCA: COMPOSITORAS E COMPOSITORES  
Com Karina Seixas 
Aulas: 6, 7 e 8 de janeiro, das 10h às 11h30 
O minicurso tem como objetivo trazer ao público leigo o universo da música do período barroco, situado entre 1600 e 1750. Partindo do enfoque histórico, o(a) aluno(a) irá conhecer os instrumentos, a formação da orquestra, o surgimento dos gêneros musicais (sonata, concerto, ópera, dentre outros), bem como o panorama de compositores deste período. Karina Martins Seixas, professora de orquestra, é formada em Licenciatura em Música pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), com especialização em Arteterapia (IJBA), e integra a OSBA desde 2000. 
 
FALANDO DE FLAUTA DOCE 
Com Uibitu Smetak 
Aulas: 6, 7 e 8 de janeiro, das 10h às 11h30 
Serão apresentadas peças para flauta doce de três períodos distintos (uma peça em cada encontro): Idade Média, Renascença e Barroco. Depois das audições, um diálogo sobre o universo da flauta doce objetiva esclarecer dúvidas e curiosidades sobre o instrumento: sua história, tipos de flauta, materiais, digitação germânica e barroca, repertório etc. Quem desejar participar tocando também será bem-vindo e poderá, assim, tirar dúvidas de técnica. Os encontros são independentes, o ouvinte pode participar de todos ou apenas de um ou dois deles. Uibitu Smetak é violinista da OSBA. 
 
A LINGUAGEM MUSICAL DA ORQUESTRA SINFÔNICA 
Com Alexandre Loureiro 
Aulas: 6, 7 e 8 de janeiro, das 16h às 17h30 
Com objetivo de introduzir o público leigo ao universo da música de concerto, o minicurso foca na apreciação de obras criadas para orquestra sinfônica e para as pequenas formações feitas com seus instrumentos (cameratas). São abordadas as características dos instrumentos de uma orquestra, a organização dos naipes, o papel do maestro e o repertório sinfônico. O professor e violinista Alexandre Loureiro, bacharel em Música, possui larga vivência em música orquestral, tendo atuado durante muitos anos na OSBA. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas