Técnico comemora evolução do time de transição: 'Mais confiante'

e.c. bahia
24.02.2021, 21:04:00
Atualizado: 24.02.2021, 21:38:33
Cláudio Prates comemora gol na vitória do Bahia sobre o Doce Mel (Foto: Felipe Santana/EC Bahia)

Técnico comemora evolução do time de transição: 'Mais confiante'

Bahia bateu o Doce Mel fora de casa e conquistou primeiro triunfo no Baianão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A atuação do time de transição do Bahia diante do Doce Mel, deixou o técnico Cláudio Prates satisfeito. Na noite desta quarta-feira (24), o tricolor fez 2x0 na equipe de Ipiaú e conquistou a primeira vitória no Campeonato Baiano. O jogo foi no Joia Princesa, em Feira de Santana, mando de campo provisório do adversário.

Na análise de Claudinho, diferentemente do jogo contra a Juazeirense, quando perdeu de virada por 2x1, os jogadores dessa vez estavam mais confiantes e desempenharam um bom futebol.

“A gente sabia que ia sofrer um pouco com a ansiedade, é um grupo jovem. Conversamos isso durante os dias, na preleção sempre focamos na confiança em relação ao grupo, e eles responderam. Estamos no período de evolução, mas muito feliz porque eles responderam de um jogo para o outro no principal quesito que nós queríamos, que é a atitude, respeitando o que nós treinamos. Eles estão de parabéns”, disse o treinador.

“Conseguimos controlar bem, sofremos muito pouco, acho que tivemos uma finalização no gol no primeiro tempo do adversário, e é uma equipe qualificada. Evolução teve, mas o que mais agradou foi a confiança dos atletas”, continuou ele.

Ainda de acordo com Prates, apesar da bia atuação a equipe ainda está em estágio inicial e precisa evoluir em alguns aspectos. O treinador lembrou que o ritmo do início de temporada tem sido pesado, com pouco tempo para corrigir os erros.

No domingo (28), o time de transição vai encarar o Salgueiro, às 18h, no estádio Cornélio de Barros, pela estreia do tricolor na Copa do Nordeste.  

“Estágio inicial ainda. Falei para eles continuarem com os pés no chão, trabalhando. Infelizmente não vamos ter muito tempo, a sequência inicial do transição é muito pesada, temos duas semanas de jogos quarta e domingo. Vamos ter que evoluir muito dentro dos jogos, mas é um período inicial ainda e a gente fica confortável porque eles já adquiriram confiança e entenderam a ideia de jogo”, finalizou o comandante tricolor.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas