Técnico confirma superstição por uniforme do Vitória: 'tem que manter'

e.c. vitória
23.10.2021, 19:48:08
Atualizado: 23.10.2021, 19:58:11
Uniforme reserva deu sorte para o rubro-negro, acredita técnico (Arisson Marinho / CORREIO)

Técnico confirma superstição por uniforme do Vitória: 'tem que manter'

Leão venceu três partidas seguidas na temporada jogando de branco

Diz o conhecimento popular que em time que está ganhando não se mexe. E em uniforme que está ganhando? O Vitória preferiu não mexer. Nos três jogos consecutivos em que venceu, o rubro-negro estava de branco. E continuará assim, no que depender de quem trabalha no clube.

Em entrevista coletiva após a vitória deste sábado (23), no Barradão, o técnico Wagner Lopes confirmou que o Leão está repetindo o uniforme reserva, predominantemente branco, por conta dos bons resultados e da virada de chave da temporada.

O Vitória bateu em casa o Brasil de Pelotas por 4x0. Com o resultado, o rubro-negro também quebrou o jejum de ainda não ter engatado dois resultados positivos na Série B. David foi o destaque da partida, com dois gols marcados.

“Eu acho muito bonito o uniforme número dois. E tudo que traz alguma positividade, alguma leveza, às pessoas, é muito bem-vindo. O importante é deixar todo mundo feliz. Uns tem superstição, outros não. O negócio é agradar todo mundo e coincidentemente tem dado certo”, disse.

“Eu acredito muito. Sou supersticioso, sim. Foi algo que a diretoria pediu, então estamos jogando com o uniforme branco de novo e deu certo. Vamos manter isso daí por enquanto”, completou o técnico.

Além da terceira vitória seguida, o que aconteceu pela primeira vez na temporada, o Vitória mostrou de novo um bom futebol. Foi eficiente no ataque e não sofreu na defesa. É o terceiro jogo consecutivo sem levar gol e o segundo seguido marcando pelo menos três vezes.

“Era, sim, o que o time precisava. Foi uma vitória muito contundente, o time hoje foi muito sólido na maior parte do duelo. O que traz confiança para o nosso ataque, são sete gols em dois jogos. Hoje, finalizamos 17 vezes, sendo 10 na direção do gol. É uma coisa que a gente tem trabalhado muito, todos os dias, com eles e tenho que agradecer muito aos jogadores pela raça e determinação. O time deu orgulho hoje”, comentou Wagner Lopes.

Com a vitória no Barradão, o rubro-negro chegou aos 32 pontos na Série B. Agora, aguarda o resultado de Remo x Ponte Preta, neste domingo (24), às 16h, em Belém. Se a Macaca perder, o Vitória vai para Campinas enfrentá-la no sábado (30) com condições de ultrapassá-la na tabela.

“Como já disse aqui, eu acredito muito no trabalho que está sendo feito pela comissão fixa e pela diretoria. Mesmo com todos os problemas internos que temos, estamos buscando fazer o melhor e os jogadores estão correspondendo. Mas são processos que ainda estão em desenvolvimento”, disse o treinador.

“Temos jogadores aqui muito jovens, mas com muito potencial para desenvolvermos. Estamos muito focados nesse trabalho e percebo que estamos melhorando. Estamos jogando com mais vontade, mais determinação do que antes. E nisso a gente tem que agradecer também ao nosso torcedor, que tem sido importante nessa fase e está trazendo a nossa confiança de volta”, finalizou Wagner Lopes.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas