Técnico da Holanda, Van Gaal revela luta contra câncer agressivo

esportes
04.04.2022, 15:15:00
Van Gaal revelou ter câncer agressivo na próstata (KNVB Media/Divulgação)

Técnico da Holanda, Van Gaal revela luta contra câncer agressivo

Comandante da seleção holandesa escondeu doença dos jogadores

Técnico da seleção holandesa, Louis Van Gaal fez uma revelação inesperada. O treinador assumiu que está lutando contra um câncer agressivo na próstata desde 2020. Segundo o próprio comandante, nem os jogadores da equipe sabiam do tratamento dele contra o tumor.

"Em cada concentração da Seleção, tinha de sair à noite para ir ao hospital, sem que os jogadores descobrissem até agora. Pensava que estava saudável, mas não estou", afirmou, em entrevista ao programa Humberto.

O técnico de 70 anos foi o escolhido para comandar a seleção holandesa depois do fracasso na Eurocopa, no ano passado, e conseguiu classificar a equipe diretamente para a Copa do Mundo de 2022. Toda a missão foi cumprida enquanto ele batalhava contra o câncer.

Até o momento, o treinador disse que já passou por mais de 25 tratamentos desde que o tumor foi diagnosticado.  Van Gaal, porém, optou por não informar sobre a doença aos jogadores para não influenciá-los na busca pela vaga no Mundial do Catar, que será disputado entre os dias 21 de novembro e 18 de dezembro.

"Não acho que deva contar isso para as pessoas com quem trabalho, porque isso poderia influenciar suas escolhas daqui para a frente. Então, penso que eles não deveriam saber", falou.

Apesar de ter perdido sua primeira esposa, Fernanda Obbes, para um câncer no pâncreas, Van Gaal demonstrou serenidade ao falar da luta contra o tumor.

"Olha, você não morre de câncer de próstata, pelo menos não em 90% dos casos. Geralmente são de doenças subjacentes que você morre. Mas é uma forma agressiva. Preciso de muito gerenciamento para passar pela vida. Eu tenho uma força de vontade incrível para continuar. Este grupo de jogadores é um presente em uma idade avançada", disse.

A Holanda está no grupo A da Copa do Mundo, o mesmo do anfitrião Catar, Senegal e Equador. A equipe, aliás, fará o jogo de abertura do Mundial diante dos senegaleses, no dia 21 de novembro, às 7h (de Brasília).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas