Técnico Ubirajara Veiga morre aos 66 anos vítima de covid-19

esportes
23.03.2021, 15:35:00
Atualizado: 23.03.2021, 15:35:29
Bira Veiga morreu após complicações da covid-19 (Foto: FC Kariya/Reprodução Instagram)

Técnico Ubirajara Veiga morre aos 66 anos vítima de covid-19

Treinador teve passagens por times como Vitória da Conquista e Fluminense de Feira

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O técnico Ubirajara Veiga morreu nesta terça-feira (23), aos 66 anos, em decorrência de complicações causadas pela covid-19. Bira, como era conhecido, estava internado em um hospital de Maceió, em Alagoas, desde o último dia 10. Na semana passada, ele teve uma piora no seu quadro clínico, precisou ser entubado e não resistiu.

O treinador era conhecido por sua história no Vitória da Conquista, time que comandou em quatro oportunidades. À frente do Bode, foi campeão da Copa Governador do Estado, em 2011. O clube lamentou a morte do profissional.

"É com tristeza que recebemos a notícia do falecimento de Ubirajara Veiga em decorrência do COVID-19. Bira Veiga foi um dos treinadores mais marcantes na história do clube. Homem de caráter, dedicado à profissão e a sua família, sempre compartilhou seus conhecimentos à todos que estavam ao seu redor, além de ser muito querido pela nossa torcida. Deixará saudades em nossos corações. Bira teve 4 passagens pelo clube e conquistou a Copa Governador de 2011. Manifestamos a nossa solidariedade à família e amigos nesse momento de dor", postou o Vitória da Conquista.

Na Bahia, Bira Veiga também treinou o Fluminense de Feira. Ele ainda acumulou passagens por vários times brasileiros, como CSA, CRB, River-PI, Confiança, Sergipe, CSE, Votuporanguense, Oeste, Mirassol e Portuguesa Santista. Também comandou o ASA na campanha que eliminou o Palmeiras da Copa do Brasil, em 2002.

O treinador também comandou times de outros países: Mapau, de Trinidad & Tobago; Destroyers, da Bolívia; e FC Kariya, do Japão, clube que estava desde 2018 e deixou em fevereiro, quando retornou ao Brasil.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas