'Temos muito para aprender, mas estamos felizes', diz Lore Improta sobre Léo Santana

entretenimento
18.11.2018, 05:44:00
(Reprodução/Instagram)

'Temos muito para aprender, mas estamos felizes', diz Lore Improta sobre Léo Santana

Em bate-papo, dançarina falou sobre o relacionamento com Léo Santana, novo programa no GNT e sobre sua trajetória

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A dançarina baiana Lorena Improta, a Lore, 25 anos, conversou com o CORREIO na última semana e falou um pouco sobre seu primeiro programa de televisão, no GNT. Trata-se de um reality de competição de dança no canal fechado GNT, que tem inscrições abertas até o dia 30. No bate-papo, a influencer e youtuber também falou sobre o relacionamento com o cantor Léo Santana, autoestima e sobre sua trajetória. Confira entrevista completa abaixo.

O que pode adiantar sobre o seu novo programa no GNT com Justin Neto?
Vai ser uma competição de dança em que a gente busca trazer um momento de felicidade para as pessoas, que elas se divirtam. A gente não quer levar competição só. O objetivo da gente é mostrar que todos os tipos de idade, todos os gêneros, todos os perfis podem dançar, serem felizes e se divertirem. 

Justin Neto comanda programa ao lado de Lore
(Foto: Arquivo Pessoal)

Como está sua expectativa para o programa?
Minha expectativa é a melhor possível. Estou muito ansiosa  para que comece logo. Estou contando os dias, porque é uma experiência nova pra mim e é um desafio muito grande também. 

Como surgiu essa oportunidade?
Foi quando eu estava fazendo Que Maravilha! - Aula de Cozinha, no GNT. No segundo episódio de gravação, o diretor me chamou e falou que eles estavam com um projeto para um programa de dança e queria muito que eu fizesse parte.  
Chega tomei um susto (risos), mas estou muito grata e fiquei muito feliz porque sempre foi um sonho ter um programa de TV. 

E como foi essa experiência no Que Maravilha! - Aula de Cozinha?
O Que Maravilha! foi um presente. Foi muito bom poder gravar com eles, principalmente com o Claude Troisgros porque ele é uma pessoa incrível. Eu ganhei muita experiência não só na cozinha mais na televisão também.

Lore participou do elenco do Que Marravilha! – Aula de Cozinha, no GNT

Como vai funcionar o reality no GNT?
A gente mudou um pouco o formato do programa. Agora, serão 13 participantes que a gente vai ter que dividir entre os grupos. Basicamente, uma pessoa sai a cada dia e uma pessoa é considerada a melhor a cada dia. A partir daí, os participantes serão eliminados até chegar na final. É uma competiçãozinha de dança.

O GNT anunciou que vocês vão mostrar como a dança aumenta a autoestima. De que forma isso será feito?
A gente quer mostrar o quanto a dança influencia na autoestima das pessoas, levando alegria. A danças influencia na maneira da gente se comunicar e de tratar o próximo. Ou seja, só de estar mexendo o corpo, você fica feliz, se sente melhor. Isso porque você tratando da sua saúde, do seu físico, o que já vai elevar a autoestima. A dança influencia muito nas pessoas. Eu recebo muitos depoimentos diários de "perdi peso por causa de você - te assistindo"; "sai da depressão por causa de você"; "não vivo um dia sem dançar suas coreografias". Isso é muito gratificante.

O que mudou na sua vida desde o Domingão do Faustão? Você já era influencer e fazia parte da equipe da FitDance, mas fazia faculdade, etc. A visibilidade do programa foi um divisor de águas?
Tudo na minha vida acrescentou. Não acho que eu tive um divisor de águas muito forte. Eu acho que foram acrescentando uma coisa na outra. Eu era da Carla Perez, depois veio a FitDance; entrei no Faustão que acrescentou na Fit... Terminou que eu sai do Fausto porque já tinha lançado o meu canal no YouTube - justamente por conta que eu tinha saído do FitDance. Eu fui crescendo como youtuber e aí aconteceu o Show da Lore por todo país. Foi tudo um passo de cada vez. Não teve um momento que eu falei 'caramba, eu fiquei famosa e agora as pessoas me conhecem'. É um trabalho diário e bem de formiguinha mesmo, aos poucos. Hoje consigo perceber o retorno disso tudo. 

Em 2015, Lore ganhou concurso do Domingão do Faustão e ficou por dois anos no balé do programa
(Foto: Reprodução)

Hoje em dia você tem mais de 5 milhões de seguidores no Instagram e trabalha fortemente como influencer nessa pegada de lifestyle, tem alguns vídeos como youtuber, faz parcerias, etc. Qual a parte mais legal desse trabalho?
A parte mais legal do meu trabalho é estar feliz fazendo o que eu amo. Cada dia é uma descoberta e um desafio novo. Eu comecei com a dança, mas hoje eu já apresento, já atuo e canto no meu espetáculo; já tenho música infantil rodando. Cada dia é uma descoberta nova e a gente tem que sempre manejar minha agenda porque eu não vivo só gravando. Eu faço presença VIP, faço campanha, estou sempre rodando o Brasil e tenho sempre que conseguir tempo para dar conta de tudo. E agora eu tenho dois canais no YouTube e é trabalho dobrado mesmo. 

(Foto: Divulgação)

Você começou como dançarina da Carla Perez. Que lembranças tem dessa época? 
As minhas lembranças são as melhores possíveis. Eu sou muito grata a esse momento da minha vida. Porque ela me ensinou muita coisa. Me ensinou, principalmente, a lidar com pessoas e a tratá-las bem. Não que minha família não tenha feito isso, mas o carinho que a Carla tinha, a maneira de tratar o público infantil e o público dela, sempre me chamaram muita atenção. Acho que isso me construiu como artista também.

Lorena se apresenteu pela primeira vez no trio da Carla Perez, aos 9 anos
(Foto: Arquivo Pessoal) 

Como lida com as comparações feitas em relaçãio a Xanddy e Carla e você e Léo Santana?
As comparações são sempre bem-vindas porque eu admiro muito o casal. Quando comparam eu fico 'poxa, que bom, a gente tá sendo comparado com um casal muito bacana, né?'.

Coreografia de Hipnotizou, inclusive, conta com a presença do namorado da loira, Léo Santana, além do casal Xanddy e Carla Perez

Em março, Léo Santana e Lorena Improta anunciaram terminam do namoro pela segunda vez

Você e Léo comemoraram 1 ano e 10 meses de namoro. O que pode dizer sobre a parceria de vocês?
Acredito que agora a gente esteja mais fortes, mais maduros. Claro que a gente ainda tem muita coisa para aprender ainda, mas estamos felizes.

É difícil lidar com o assédio dos fãs? Acredita que isso atrapalha a relação?
A questão do assédio dos fãs não é que seja ruim, é muito bom que você saber que é querido, que as pessoas gostam de você. É um pouco complicado quando a gente precisa de um tempo para viver um pouco mais a relação e aí tem um monte de FBI atrás da gente, buscando saber onde a gente está, o que está fazendo. Isso acaba atrapalhando um pouco.

Quando começou a sua paixão pela dança? Você dançava desde pequena?
Costumo dizer que a minha paixão pela dança foi desde quando eu estava na barriga da minha mãe. Já nasci dançando. Não teve algo que assim que 'ah, agora eu amo a dança'. Tanto que eu nunca fiz ballet, nem aulas de dança, eu não tenho técnica. Fui vivendo e aprendendo a dançar e a Carla, com certeza, foi uma escola muito grande pra mim.

(Foto: Divulgação)

Quais são seus projetos futuros?
Além do projeto infantil a gente tem o programa no GNT. Vamos fazer outras edições d'O Fantastico Mundo a partir de janeiro vamos rodar com ele pelo Brasil. Verão e Carnaval a gente vai ter um projeto kids também e devo fazer algumas presenças.

Kids: Projeto infantil O Fantástico Mundo da Lore vai rodar o país em 2019

Tem alguma coisa planejada junto com Léo?
Não tenho nada planejado com Léo. A gente gravou juntos a coreografia de Solinho da Rabeta, que saiu neste sábado (17), e normalmente fazemos projetos de gravar algo pro meu canal ou pra ele...

Você é baiana. Qual a sua relação com a terra? Tem algum lugar especial que gosta de ir?
Eu sou baiana com muito orgulho, com muito amor mesmo. Eu sou apaixonada pela minha cidade. É onde eu consigo repor minhas energias. Um lugar que eu amo? Eu amo a as praias. Sempre quando eu tenho um diazinho de folga vou para a praia para poder me renergizar.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas