Territórios de África em Salvador: um pulo em Benin

Somos
15.11.2013, 09:17:00
Atualizado: 15.11.2013, 12:33:39

Territórios de África em Salvador: um pulo em Benin

Série mostra casas africanas da cidade. Primeiro dia: Benin

Carla Trabazo

Ladeira abaixo, depois da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos,  - azul como o céu e ícone da africanidade baiana - se encontra uma grande casa branca e com uma fachada colonial indicando: Casa do Benin. Seu tamanho, no entanto, não lhe confere reconhecimento. “Tem gente que vem aqui perguntando quem é esse tal de Benin e por que essa é sua casa”, conta o turismólogo Daniel Melo.

Assim como Gana, Angola e Nigéria, Benin é um país da África Ocidental que inspirou a primeira casa africana de Salvador, fundada n o Pelourinho em 1988, ano que marcou o centenário da abolição da escravatura. O projeto tomou vida com o etnólogo e fotógrafo francês Pierre Verger. Através de seus estudos sobre o tráfico negreiro, Verger percebeu que a relação entre Benin e Salvador vai além da grande quantidade de escravos trazidos, a sua cultura se mesclou às tantas outras, compondo a cultura baiana e até superando a influência portuguesa.


Casa do Benin conta com a arquitetura de Lina Bo Bardi

Com aproximadamente 200 peças de arte do Golfo do Benin, fruto das viagens do francês pela África, o espaço é resultado da parceria entre a Fundação Gregório de Matos (FGM), o Ministério das Relações Exteriores e a Fundação Odebrecht .

A casa é um dos principais centros de cultura africana do Estado, fornecendo algumas atividades como cursos de iorubá, aula de capoeira, dança afro, culinária e percussão. Além disso, costuma receber exposições temporárias de artistas locais e conta com biblioteca e miniauditório.

“Antigamente, funcionávamos como uma espécie de residência para alunos intercambistas de Benim e, ainda, um restaurante africano. No entanto, estas atividades não seguiram em frente, principalmente por questões de incentivo e de problemas internos”, explica a arte-educadora Régia Ribeiro, 45. 

A Casa do Benin tem a intenção de integrar e preservar os laços entre Salvador e o país africano, trazendo mais conhecimento sobre ele e sua cultura tão similar à dos soteropolitanos. “A casa homenageia a intelectualidade africana. Ela desmistifica a ideia de que a África tem apenas miséria para mostrar”, ressalta Régia, que se especializou em arte e cultura afro.


Restaurante e residência estudantil costumavam funcionar na casa africana

Em função da lei 10.639, que aplica o ensino da cultura africana nas escolas, muitos estudantes frequentam a casa. Além dos curiosos por “conhecer esse Benin”, estudantes de arquitetura visitam o local buscando encontrar a arquitetura de Lina Bo Bardi, presente no interior da casa.

“Beninenses que estão fazendo intercâmbio por universidades também vêm aqui. Eles se identificam muito com a casa e se sentem representados”, conta a arte-educadora, que se anima com a lei 10.639, mas acredita que para que se tenha um ensino eficiente sobre a África e suas diversidades, é necessária a consciência do educador para a importância do assunto, para que, assim, possa repassar para seus alunos.

Para o dia da Consciência Negra (20), a casa não abrirá por falta de segurança. “As ruas no Pelourinho ficam muito cheias e não temos condições de deixá-la aberta nesse dia”, lamenta Régia, que comenta que não só no dia 20, como durante todo o ano, deve ser trabalhada a consciência de todos. “Este é um mês reflexivo, mas não deve ser o único. Consciência negra é entender a história do que se passou na cidade”.

Confira vídeo abaixo:
###YOUTUBE###

Serviço:

Endereço: Rua Padre Agostinho Gomes, nº 17, Pelourinho – CEP:40.000-000.

Bairro: Centro Histórico

Telefone: (71) 3241.5679 

Terça a Sexta, 9 às18 hs; Sábados 13 às17 hs e Domingos 09 às 13 h.

O especial Somos é produzido pelo time de focas da quinta turma do Correio de Futuro. Acesse o blog.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/salvador-concorre-ao-premio-nacional-do-turismo-2019-em-tres-categorias/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/banda-panteras-negras-recebe-luedji-luna-e-okwei-odili-no-goethe/
Celebrando um ano de formação, musicistas exaltam contribuição das mulheres negras na arte
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/linn-da-quebrada-estrela-bixa-travesty/
Documentário debate sobre o corpo, gênero e identidades
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policia-civil-analisa-imagens-de-acao-da-prf-que-deixou-adolescente-morto/
Pai foi ouvido no DHPP; familiares homenagearam garoto de 17 anos nesta quinta-feira (21)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/operario-fica-pendurado-em-predio-durante-pintura-e-e-socorrido-veja-video/
Ele foi retirado de edifício em Fortaleza e conduzido a unidade médica pelo Samu
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-passar-mal-e-ser-socorrido-no-senado-kajuru-segue-internado-na-uti/
Colega baiano Otto Alencar ajudou a socorrê-lo em plenário: ‘não vai ficar sequela’
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/matou-como-se-ela-fosse-bicho-diz-testemunha-de-crime-contra-moradora-de-rua/
Defesa de comerciante alega que ele reagiu a uma tentativa de assalto
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bombeiros-controlam-incendio-em-academia-na-graca/
Fogo começou por volta das 22h40 e foi contido rapidamente
Ler Mais