Thiem e Serena Williams estreiam com vitória em Roland Garros

esportes
28.09.2020, 15:23:00
Atualizado: 28.09.2020, 15:23:21
Após derrotar Marin Cilic, Thiem irá encarar Jack Sock (Foto: Martin Bureau/AFP)

Thiem e Serena Williams estreiam com vitória em Roland Garros

Atual campeão do US Open, austríaco bateu croata Marin Cilic; americana derrotou compatriota Kristie Ahn

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O austríaco Dominic Thiem, número 3 do ranking mundial, estreou com vitória em Roland Garros, nesta segunda-feira (28), ao derrotar o croata Marin Cilic, por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 6/3, em 2h05 de jogo.

Finalista do Grand Slam francês nos dois últimos anos e atual campeão do US Open, Thiem mostrou estar determinado a superar o espanhol Rafael Nadal e alcançar o segundo lugar no ranking, atrás apenas do sérvio Novak Djokovic.

"Estou satisfeito por ter jogado bem este primeiro jogo em condições climáticas difíceis (chuva e frio) e depois de ter que fazer a transição para o saibro da quadra dura. Isto ainda é meu torneio favorito", disse o austríaco, em uma quadra coberta quase sem público devido às restrições sanitárias impostas pela covid-19.

Seu próximo rival será o norte-americano Jack Sock, que derrotou o compatriota Reilly Opelka por 6/4, 6/4 e 6/3.

No feminino, a checa Petra Kvitova, sétima cabeça-de-chave do torneio, conquistou sua 110ª em torneio de Grand Slam, ao vencer a francesa Océane Dodin, por 2 sesta a 0, com parciais de 6/3 e 7/5, em 1h17 de jogo.

Duas vezes campeã de Wimbledon (2011 e 2014), Kvitova, de 30 anos, terá como adversária na segunda rodada a vencedora entre a espanhola Aliona Bolsova e a italiana Jasmine Paolini.

Serena Williams vence Kristie Ahn
A norte-americana Serena Williams sofreu um pouco no início, depois impôs seu jogo forte e venceu o confronto com a compatriota Kristie Ahn com direito a 'pneu' na estreia em Roland Garros. A surpresa da rodada inaugural foi a queda de Marketa Vondrousova, finalista do ano passado, eliminada com facilidade por Iga Swiatek.

Aos 39 anos, e buscando seu 24° título de Gran Slam, Serena sofreu mais que o esperado no primeiro set diante de Ahn na quadra Phillipe Chatrier. Foram 70 minutos para fechar a parcial em 7/6 (7/2) no tiebreak.

As duas já vinham de encontro numa primeira rodada de Grand Slam, também vencido por Serena, no US Open, na qual fez 7/5 e 6/3. Desta vez, após o aperto inicial, Serena arrasou o segundo set.

Foram necessários somente 31 minutos para eliminar a compatriota com um 6/0 e seguir firme na tentativa de igualar o recorde da australiana Margaret Court, que ergueu 24 troféus de Grand Slam na carreira.

Na segunda rodada, Serena encara outra adversária que já havia jogado contra no US Open. A búlgara Tsvetana Pironkova deu trabalho, mas acabou perdendo por 2 a 1, de virada.

A decepção ficou por conta da eliminação de Marketa Vondrousova. A vice-campeã de 2019 não impôs resistência à polonesa Iga Swiatek, levando 2 a 0, parciais de 6/1 e 6/2.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas