Tite confirma time contra o Catar com Neymar e retorno de Daniel

esportes
03.06.2019, 15:08:00
Daniel Alves será o capitão do Brasil durante a Copa América (Lucas Figueiredo/CBF)

Tite confirma time contra o Catar com Neymar e retorno de Daniel

Seleção encara o time asiático em amistoso quarta-feira (5), em Brasília

Em preparação para a Copa América, o técnico Tite já tem em mente o time que vai entrar em campo contra o Catar, no amistoso de quarta-feira (5), às 21h30, no estádio Mané Garrincha, em Brasilía.

Durante entrevista nesta segunda-feira (3), Tite e o auxiliar técnico, Cléber Xavier, confirmaram que a Seleção vai começar a partida com: Ederson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Casemiro, Arthur e Coutinho; Richarlison, Neymar e Gabriel Jesus.

A principal novidade em relação ao time que já vinha jogando no pós Copa do Mundo é a entrada de Daniel Alves na lateral direita. O baiano volta a defender a Seleção depois de mais de um ano. A última partida dele pelo Brasil foi no dia 27 de março, no triunfo por 1x0 sobre a Alemanha, em Berlin.

Durante o treino fechado, na Granja Comary, Tite fez dois testes na equipe titular. Ele colocou David Neres e Fernandinho nas vagas de Richarlison e Arthur, respectivamente. Durante o amistoso, o treinador poderá fazer até seis mudanças.

>> Laudo relata hematomas em mulher que acusa Neymar de estupro
>> 'Eu prefiro crime de internet ao de estupro', diz pai de Neymar
>> Tite sobre a acusação de estupro a Neymar: 'Não vou julgar'

"Fiz uma substituição entre David Neres e Richarlison. Richarlison foi usado como 9 na equipe que não vai começar, porque estamos sem o Firmino. Teve mescla, meio tempo Arthur, meio tempo Fernandinho. Mas a tendência é a equipe que começou (o treino)", explicou Tite.

Os jogadores que disputaram a final da Liga dos Campeões da Europa, vencida pelo Liverpool sobre o Tottenham, no sábado (1º), vão ser avaliados, mas não estão garantidos na partida contra o Catar. Alisson e Firmino ainda são esperados na Granja. Além deles, Fágner e Cássio, ambos do Corinthians, também não se apresentaram.

"Primeira coisa que vou dar é um choque de realidade: acabou Brasileiro e acabou Champions. Agora é a nova realidade. O que era para curtir e comemorar, deu. Tem um relato legal sobre o Firmino, mandou um áudio, e ele não é de falar muito, falando que quer estar logo", contou Tite.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas