Tóquio-2021: Japão quer testes em atletas a cada quatro dias

esportes
02.12.2020, 13:14:00
Atualizado: 02.12.2020, 18:20:10
(Mladen Antonov / AFP)

Tóquio-2021: Japão quer testes em atletas a cada quatro dias

Comitê organizador elabora plano de medidas sanitárias para Jogos Olímpicos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os atletas que vão participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, adiados para o ano que vem por causa da pandemia do novo coronavírus, devem realizar testes para a detecção da covid-19 a cada quatro ou cinco dias durante a competição. Isso é o que prevê o plano de medidas sanitárias anunciado nesta quarta-feira pelas autoridades japonesas.

O plano, que foi elaborado pelo governo japonês e pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio-2020, prevê que cada visitante que chegue ao Japão realize um teste 72 horas antes do desembarque e outro na chegada ao país.

O governo do Japão vai autorizar a entrada "em larga escala" de visitantes estrangeiros para a Olimpíada sem que haja obrigatoriedade de vacinação ou de quarentena. As únicas exigências aos turistas serão a apresentação de um teste negativo para a covid-19 e o download de um aplicativo de rastreamento enquanto estiverem no país.

Além de prever que os atletas se submetam a testes a cada quatro ou cinco dias, o plano inclui a realização de testes na chegada à Vila Olímpica e em alguns locais de competição, antes e depois das provas, mesmo que não sejam visíveis quaisquer sintomas.

Caso um atleta acuse positivo para o novo coronavírus, deverá de imediato ser realizada uma nova análise para garantir que não de trata de um falso positivo.

O uso de máscaras e o distanciamento social devem ser obrigatórios para todos. Ainda não há um protocolo claro sobre o momento em que os atletas poderão tirar a máscara para participar de suas respectivas provas.

Adiadas de 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus, os Jogos Olímpicos, que deverão contar com a participação de cerca de 11 mil atletas, estão programados para acontecer entre 23 de julho e 8 de agosto. A Paralimpíada está prevista entre 24 de agosto e 5 de setembro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas