Torcedor que fez piada com voo da Chape pede desculpa

esportes
06.02.2018, 10:00:00
Atualizado: 06.02.2018, 10:00:44
Torcedor riu ao imitar um avião caindo, em jogo contra a Chape (Foto: Reprodução)

Torcedor que fez piada com voo da Chape pede desculpa

Uruguaio foi expulso do quadro de sócios do Nacional

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O torcedor do Nacional, do Uruguai, que ironizou a tragédia com o voo da Chapecoense, que deixou 71 mortos em novembro de 2016, pediu desculpas pela atitude.

Nicolás Correa, que foi flagrado na quarta-feira (31) em um vídeo gravado no  jogo entre Chapecoense e Nacional, pela Pré-Libertadores, se diz arrependido. "Quero pedir desculpas ao povo do Brasil, aos torcedores da Chapecoense e aos torcedores do Nacional, que é a minha vida. Estamos arrependidos... tanto eu como o outro rapaz que aparece no vídeo. Prejudicamos o clube e agora esperamos uma punição”, disse em entrevista à emissora uruguaia “Sport 890”. No jogo, realizado na Arnea Condá, o time catarinense perdeu por 1x0.  O duelo de volta será quarta (7), às 20h45.

Segundo o torcedor, ele só ironizou o acidente porque foi provocado por torcedores da Chapecoense na Arena Condá. “Quando entramos no campo, eles começaram a nos insultar. Insulto vai, insulto vem... Infelizmente, aconteceu de fazer aquele gesto (do avião) e sabemos como terminou tudo”, detalhou.

Os dois torcedores que aparecem no vídeo fazendo piadas foram expulsos do quadro de sócios pelo Nacional. O clube uruguaio pode ser excluído da competição.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas