Traficante suspeito de feminicídio no Paraguai é preso na Bahia

bahia
15.03.2022, 16:14:27
(Foto: Divulgação/SSP)

Traficante suspeito de feminicídio no Paraguai é preso na Bahia

O homem foi detido na Ilha de Itaparica acusado de agressão e tentativa de invasão a uma pousada

Um homem foi preso em flagrante por policiais da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Vera Cruz) acusado de agressão e tentativa de invasão a uma pousada, em Amoreiras, próximo a Ponta de Areia, na Ilha de Itaparica, no início da noite de segunda-feira (14). Na residência do suspeito foram encontradas drogas, dinheiro em espécie e pertences pessoais.

Ao ser apresentado na Delegacia Territorial, ele foi identificado como suspeito da morte de uma brasileira na Cidade do Leste, no Paraguai, onde foi expedido mandado de prisão preventiva pelo Ministério Público Paraguaio.

A unidade foi acionada por populares após o acusado causar uma confusão em uma pousada, ao lado do Condomínio Enseada de Amoreiras. Ele foi encontrado contido por populares, com comportamento agressivo e agitado. Como ele estava com escoriações pelo corpo, o Samu foi acionado e ele foi levado para o Hospital de Itaparica, onde recebeu atendimento médico.

Durante acompanhamento, os policiais militares receberam a informação de que o homem tinha tentado agredir os dois filhos adolescentes. Ao verificar a residência dele, localizada no Condomínio Enseada de Amoreiras, os PMs encontraram R$ 174.315,75 em espécie dentro de uma mala, 11 gramas de maconha, 1,8kg de cocaína, dois braceletes em ouro, duas alianças em ouro, uma corrente dourada, um brinco dourado e uma carteira de motorista expedida no Paraguai.

Os filhos do acusado foram localizados, após fugirem da casa onde estavam com o pai, e direcionados para o Conselho Tutelar. Segundo informações colhidas, a companheira do acusado, que não é a mãe dos filhos, também fugiu do local.


Após ter sido medicado e liberado, o homem foi conduzido pelos policiais da 5ª CIPM para a 19ª Delegacia Territorial de Itaparica, onde todo material apreendido na residência dele foi apresentado. Na delegacia, o acusado, natural do estado de São Paulo, foi identificado como suspeito de ser autor de um feminicídio em 2018 na Cidade do Leste, no Paraguai, onde foi expedido um mandado de prisão preventiva contra ele pelo Ministério Público Paraguaio. A vítima, uma jovem brasileira, era namorada dele na ocasião.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas