Tripulante de navio é internado em Salvador com malária

saúde
05.07.2017, 11:38:00
Atualizado: 05.07.2017, 13:54:34

Tripulante de navio é internado em Salvador com malária

Segundo a Sesab, o paciente já veio doente e não há casos da doença registrado na Bahia

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um tripulante filipino, 45 anos, de um navio vindo da África, que atracou no Porto de Aratu, está internado em Salvador com sintomas de malária. Segundo a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o material foi recolhido e examinado no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) e a doença já foi confirmada.

O paciente está em tratamento em um hospital particular e seu estado de saúde não foi divulgado. Ainda de acordo com a Sesab, o tripulante já veio doente e não há casos da doença registrado na Bahia. A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou, por meio de nota, que o tripulante desembarcou no último domingo (2) na cidade, já com sintomas de febre alta e cefaleia. 

O navio, de bandeira holandesa, está na área de fundeio esperando abastecimento de combustível para seguir viagem. A agência disse ao CORREIO que não havia outras pessoas à bordo com sintomas e que a situação está controlada.

Ainda de acordo com a Anvisa, está sendo realizada uma inspeção no navio hoje, onde também haverá uma desinsetização, avaliação de saúde dos demais tripulantes, aplicação do teste de gota espessa (exame específico para detectar malária) e outros que sejam necessários.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas