Única dupla do Brasil viva no Mundial, André/George passa de fase

esportes
05.07.2019, 16:53:00
Atualizado: 05.07.2019, 16:54:29
George se joga na bola para salvar o ponto (FIVB/ Divulgação)

Única dupla do Brasil viva no Mundial, André/George passa de fase

Brasileiros irão encarar dupla americana nas quartas de final

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


O Brasil começou o Mundial de Vôlei de Praia com oito duplas na disputa - quatro no masculino e quatro no feminino. Nesta sexta-feira (5), a dois dias do final da competição, que está sendo disputado na cidade de Hamburgo, na Alemanha, o País tem apenas uma parceria com chances de título: André Stein/George, que jogam pelas quartas de final neste sábado.

André Stein e George jogaram contra os poloneses Fijalek/Bryl, pelas oitavas de final, e conseguiram uma vitória por 2 sets a 1 - com parciais de 21/16, 15/21 e 15/11. No jogo, os brasileiros impuseram o ritmo no primeiro set, mas tiveram mais dificuldades no segundo. No tie-break, a dupla polonesa, segundo lugar no ranking, chegou a abrir vantagem de cinco pontos (6 a 1), mas a estratégia de saque brasileira e o empenho na defesa modificou o placar.

Após a classificação, André Stein agradeceu o apoio do companheiro em quadra. "Nós chegamos confiantes para esse jogo pelo que temos feito até aqui no torneio. Mais um jogo brigado, com três sets. Eu cheguei ao terceiro set com dificuldade na virada. O George me ajudou, fizemos uma boa estratégia que deu certo. Ainda não estamos satisfeitos em chegar nas quartas, queremos ir mais longe", disse.

Nas quartas de final, os adversários serão Try Bourne e Trevor Crabb, dos Estados Unidos. Em caso de vitória, o jogo pela semifinal será no mesmo dia.

No torneio masculino, outra dupla brasileira entrou em ação nesta sexta-feira. Alison e Álvaro Filho jogaram contra Thole e Wickler, da Alemanha. Os donos da casa acabaram levando a melhor por 2 sets a 0, com parciais de 21/14 e 21/15, eliminando os brasileiros.

"A gente não soube lidar com a adversidade de estar atrás no placar. Gastamos muita energia tentando voltar ao jogo. Eles jogaram todas as partidas lá dentro, nós jogamos pela primeira vez, e essa referência acaba fazendo falta. Mas agora vamos olhar para frente, evoluir. Semana que vem já temos outra competição", comentou Alison.

Feminino

Entre as mulheres, o Brasil acabou ficando de fora do pódio depois que a última dupla do País ainda na disputa, Fernanda Berti/Bárbara Seixas, ficou pelo caminho ainda nas quartas de final. As brasileiras foram superadas de virada pelas suíças Nina Betschart e Tanja Hüberli por 2 sets a 1 - parciais de 19/21, 21/13 e 15/13.

"Primeiro precisamos parabenizá-las pela vitória, fizeram um bom jogo. Nós jogamos bem no primeiro set e no segundo tive mais dificuldade no passe. Isso atrapalhou nosso jogo. No terceiro conseguimos brigar mais, mas perdemos algumas oportunidades. Estamos tristes e frustradas, mas isso faz parte do vôlei de praia e temos que aprender com os resultados negativos", declarou Bárbara Seixas.

Após o encerramento da participação brasileira na chave feminina, a corrida olímpica no país segue com Ana Patrícia/Rebecca em primeiro com 3.540 pontos. Ágatha e Duda estão em segundo com 3.380. Maria Elisa/Carol Solberg é a dupla terceira colocada com 2.560 pontos. Bárbara e Fernanda permanecem em quarto, agora com 2.120. Taiana e Talita, que não disputaram o Mundial, estão em quinto com 2.080. As duas primeiras garantem vaga nos Jogos de Tóquio-2020, no Japão.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/del-feliz-faz-verdadeiro-arrastape-no-sao-joao-no-correio-veja-como-foi/
Na próxima semana participam Estakazero (dia 12) e Flor Serena (13)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/como-gastar-energia-do-seu-pet-e-evitar-sair-tanto-para-a-rua/
Gatos também podem ser afetados pela mudança de rotina da quarentena; confira dicas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fulo-de-mandacaru-fez-estreia-da-temporada-de-lives-do-sao-joao-no-correio/
Grupo fez transmissão com mais de 1h30 de apresentação; sábado (6) tem Del Feliz
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dom-sergio-da-rocha-assume-como-arcebispo-de-salvador-e-primaz-do-brasil/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/covid-19-morre-mestre-joel-disseminador-da-capoeira-em-sao-paulo/
Capoeirista estava internado no Hospital Ernesto Simões
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pm-filmado-apontando-arma-para-jovem-e-preso-por-tentativa-de-homicidio-na-bahia/
Militar chegou a colocar cano da arma no olho de um menor em Carinhanha; caso aconteceu em fevereiro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/caso-miguel-movimentos-sociais-e-familiares-de-menino-protestam-em-recife/
Criança de 5 anos morreu na terça (2) após cair de prédio; patroa da mãe é investigada
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/suspeitos-de-assaltos-no-horto-florestal-morrem-em-troca-de-tiros-com-a-pm-veja-video/
Um deles tinha sido preso no ano passado após invadir casa, na Santa Cruz e manter família refém por cerca de três horas
Ler Mais