US Open: tenistas terão que assumir risco de pegar coronavírus

esportes
10.08.2020, 18:02:00
Atualizado: 10.08.2020, 18:02:32
(Foto: Shutterstock/Reprodução)

US Open: tenistas terão que assumir risco de pegar coronavírus

Torneio enviou termo de responsabilidade aos atletas, se eximindo de culpa até em casos de morte

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O US Open está previsto para começar no dia 31 de agosto, em Nova York, sendo o primeiro Grand Slam a ser retomado na pandemia do coronavírus. A competição, porém, virou alvo de algumas discussões. Neste domingo (9), tenistas vazaram um documento que mostra que o torneio pediu aos atletas que assinassem um termo de responsabilidade - e, neste, os participantes se eximiriam de culpa em caso de contaminação da covid-19.

O holandês Wesley Koolhof, 17º do ranking nas duplas, foi um dos jogadores que divulgaram o termo. Ele ironizou o conteúdo da carta enviada pela USTA (Associação de Tênis dos Estados Unidos), responsável pela organização do torneio, e destacou trechos como "assumir responsabilidade em caso de morte".

No documento, os tenistas precisam, de fato, assinar um termo que exime o US Open de culpa no caso dos atletas contraírem o coronavírus enquanto estiverem em Nova York. E vale, inclusive, para os casos de morte tanto do próprio jogador como de doença de pessoas próximas de sua equipe ou parentes.

A USTA quer que os tenistas garantam que estão indo competir por suas próprias conta e risco - e, assim, a associação se protege de possíveis processos ou reivindicações.

Caso um atleta não queira disputar o US Open, a ATP já anunciou que eles não terão pontos descontados do ranking. Eles só somariam pontuações com os jogos de 2020. Desta forma, muitos poderão preferir manter a quarentena e evitar as competições.

A ATP, inclusive, barrou uma decisão do US Open de eliminar um tenista que tenha um dos membros de sua equipe infectado pelo coronavírus. O caso, porém, segue indefinido. O que está válido é que os atletas que testarem positivo para covid-19 serão excluídos do torneio.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas