Uso de máscaras passa a ser obrigatório em transporte de Feira de Santana

coronavírus
24.04.2020, 14:06:00
Decreto do prefeito Colbert Martins foi publicado no Diário Oficial (Divulgação)

Uso de máscaras passa a ser obrigatório em transporte de Feira de Santana

Estabelecimentos públicos e privados também terão que ter pessoas usando a proteção facial

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Feira de Santana, no Centro-Norte da Bahia, também vai tornar obrigatório o uso de máscaras de proteção facial no transporte público da cidade, que tem 614 mil habitantes. O prefeito de Feira, Colbert Martins (MDB), anunciou nesta sexta-feira (24) a publicação de um decreto que torna obrigatório o uso de máscaras, além do transporte público, também em veículos particulares e no comércio informal como medida de combate à pandemia do novo coronavírus. Além disso, todos os estabelecimentos públicos e privados devem exigir o uso de máscara a seus colaboradores. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Município.

“Iremos realizar ações para  entrega de máscara também para população, em especial a de baixa renda e de grupo de risco”, afirmou o prefeito.

O decreto também institui o programa ‘Eu me protejo e protejo você’, que, entre outros objetivos, visa evitar a contaminação por aspersão aérea, reduzir o número de infectados e preservar vidas. O programa também irá estimular o uso de máscaras artesanais pela população de forma a não prejudicar o fornecimento de máscaras industrializadas para os profissionais de saúde da rede pública e privada.

Ainda segundo o decreto, o poder público deverá articular e coordenar rede de voluntários entre cidadãos, empresas e entidades da sociedade civil para a produção, distribuição e entrega de máscaras, mesmo que artesanais, para a população, em especial de baixa renda e integrantes do grupo de risco.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas