Vanessa da Mata volta a Salvador e faz show no TCA nesta sexta (25)

entretenimento
25.05.2018, 07:00:00
Depois de Salvador, Vanessa da Mata segue em turnê paralela entre o Brasil e a Europa, onde estão previstos shows em Portugal e Londres (Foto: Marcos Hermes)

Vanessa da Mata volta a Salvador e faz show no TCA nesta sexta (25)

Cantora faz apresentação única do show que também da nome ao novo trabalho, lançado em CD e DVD

Depois de viajar por três anos com as turnês Segue o Som e o projeto intimista Delicadeza, Vanessa da Mata volta a Salvador, hoje, com o novo trabalho Caixinha de Música, no Teatro Castro Alves. 
O show, que tem direção musical do guitarrista Maurício Pacheco, reúne três novas canções da artista: além da faixa que dá nome ao novo trabalho, Vanessa apresenta ainda Orgulho e Nada Mais e Gente Feliz, também registrada em faixa bônus com uma das maiores revelações da cena brasileira, o grupo BaianaSystem. O CD e DVD que dá origem ao show foi gravado ao vivo, em duas noites de maio, em São Paulo.
“Minha proposta é levar o público para uma caixa de música, que pode ser a caixa torácica, onde a voz é o instrumento invisível que pode limitar ou dar amor, capaz de expressar inúmeras informações e sentimentos”, diz a cantora motogrossense. 
Ela ressalta que, justamente por essa característica, o show tem várias nuances, desde os momentos mais generosos, com canções bem conhecidas, até outros, onde as novas canções serão apresentadas. “Busquei essa performance extrovertida, poética, mas sobretudo, brasileira”, completa. 
Sonoridades e afetos
Para tanto, Vanessa incorporou canções como Mágoas de Caboclo e Vá Pro Inferno Com Seu Amor, gravadas, respectivamente, por Orlando Silva e a dupla Milionário e José Rico, além de Love Will Tear Us Apart, um clássico do Joy Division. Em Caixinha de Música também haverá espaço para os hits Ai, Ai, Ai, Amado, Boa Sorte/Good Luck, Não Me Deixe Só, Ainda Bem, entre outras.
“Embora goste de deixar espaços para a espontaneidade, o show está bem concentrado”, diz a cantora que reconhece a dificuldade em se acostumar com os novos formatos de gravação de canções, a exemplo dos EPs. “Fiz turnês de dois anos para cada trabalho que lancei e sou muito apegada à obra, daí minha estranheza com essa coisa de trabalhar uma única canção”, revela. 
Vanessa se declara uma colecionadora de música e quando gosta de um trabalho vai lá e compra o disco para tocá-lo em toda sua inteireza. “Nas plataformas, por vezes, a música é interrompida ou ainda não disponibilizada na sua inteireza”, diz, gracejando por lembrar que gosta de ouvir todos os graves e agudos presentes. 
Depois de Salvador, Vanessa da Mata segue em turnê paralela entre o Brasil e a Europa, onde estão previstos shows em Portugal e Londres. “Desde o início, fiz questão de aliar a carreira no Brasil e no exterior, sobretudo, porque meu trabalho caiu no gosto do público lá fora, por ser uma voz feminina que lembra a voz de outras cantoras brasileiras”, diz. Para um futuro próximo (uma vez que os filhos vão morar com o pai no exterior), Vanessa diz que pretende estudar mais e quem sabe passar temporadas maiores em Salvador.
 “Sempre digo que vou passar mais tempo e não consigo, mas que sabe em breve não consiga me deliciar ainda mais com a comida, especialmente o bobó de camarão, e aproveitar todo esse clima para produzir um novo livro?”, indaga.

A cantora e compositora tem 15 anos de carreira e já foi premiada no Grammy Latino (Foto: Marcos Hermes)

SERVIÇO

Teatro Castro Alves (Campo Grande | 3535-0600). 

Hoje, 21h.

Valor: R$ 150/R$ 75 (meia)- das filas A a P;R$ 120/R$ 60- filas Q a Z6.R$ 90/R$ 45 -filas Z7 a Z11

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas